in

Vetanco apresenta Biotech Vac Salmonella para postura comercial

Cada ação contou com a apresentação do time Técnico/Comercial de Biológicos da empresa

Santa Maria de Jetiba Vetanco
REPRODUÇÃO

A Vetanco reuniu os principais produtores de ovos do Brasil para apresentar a tecnologia inovadora da Biotech Vac Salmonella, em eventos realizados em Santa Maria de Jetibá, cidade capixaba, no dia 23 de novembro; e em Bastos, situado no interior de São Paulo, no dia 2 deste mês, dois grandes municípios brasileiros produtores de ovos.

Gerente de Marketing da Vetanco, Thiago Tejkowski destaca que, assim como a Biotech Vac Salmonella chega ao mercado brasileiro para oferecer à avicultura uma solução inovadora e exclusiva, os eventos de lançamento procuraram oportunizar aos convidados uma experiência ímpar. “Apresentamos a solução inovadora da Biotech Vac aliada à experiência do cliente em um momento único, memorável”, ressalta.

Cada ação contou com a apresentação do time Técnico/Comercial de Biológicos da Vetanco, Carlos Dalle Mole em Santa Maria de Jetibá e Alceu Kazuo em Bastos, que destacaram o protagonismo da multinacional. “A Biotech Vac Salmonella é a primeira vacina de subunidade utilizada na avicultura, mundialmente, diferente do que se tinha que eram as vacinas inativadas injetáveis ou vacinas vivas atenuadas”, explica Dalle Mole.

Dalle Mole frisou a importância do controle de salmonelas na postura comercial por proporcionar maior segurança alimentar, em especial no que se refere ao consumo de ovos, que cresce a cada ano. Em 2020, o consumo per capita de ovos no Brasil chegou a 251 unidades e a proteína pode ser fonte de transmissão de salmonella para o homem, caso não haja esse cuidado na produção.

Representantes da Vetanco para as regiões de Santa Maria de Jetibá e de Bastos, Gessica Berger e Fernando Souza, respectivamente, avaliam que o evento de lançamento da Biotech Vac Salmonella oportunizou aos clientes conhecer ainda mais sobre a vacina e a tecnologia de subunidade, além de questionar sobre eventuais dúvidas. “Já havíamos introduzido o conceito da vacina na região, mas durante o evento foram feitas muitas perguntas e, mesmo depois do evento, recebemos um feedback bastante positivo de clientes que participaram desse momento”, conta Géssica.

Egg 360 e Guardian Program

Tejkowski trouxe também em sua fala o Egg 360, programa da Vetanco Brasil desenvolvido especialmente para o segmento de postura comercial. Entre os serviços oferecidos estão consultorias exclusivas, investigação epidemiológica, análises, interpretações e orientações sobre níveis de micotoxinas; um programa de saúde intestinal específico para a postura comercial; o Egg Quality, serviço que avalia a qualidade do produto final; e, lançado recentemente, o Club 360, primeiro clube de relacionamento do segmento. Já o Guardian Program é um portfólio completo de soluções que, em conjunto com as medidas de biosseguridade, trazem a segurança contra uma das principais ameaças da avicultura brasileira, as Salmonellas.

Pioneirismo e inovação

A Biotech Vac Salmonella é a primeira vacina de subunidade utilizada na avicultura em todo o mundo e, portanto, a Vetanco é o primeiro laboratório a utilizar essa tecnologia no segmento.

Por utilizar a tecnologia de subunidade, a Biotech Vac Salmonella é a única que fornece proteção contra várias estirpes e sorotipos de salmonelas paratíficas, induzindo imunidade de mucosas e sistêmica. Oferece ampla proteção contra os sorogrupos B, C e D e pode ser utilizada em frangos de corte, postura comercial e matrizes pesadas.

A vacina foi desenvolvida pela diretora de Biotecnologia da Vetanco, pesquisadora Sherry Layton, na Universidade de Arkansas, um dos maiores centros de desenvolvimento e sanidade avícola mundial, considerado referência junto da Universidade da Geórgia.

A Biotech Vac Salmonella vem de uma plataforma de vacinas, que é a Biotech. Em breve, outras vacinas devem surgir no mercado a partir dessa plataforma, utilizando a tecnologia de subunidade.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

IP-APTA inova na produção de ração sustentável

Brasil e Paraguai debatem sobre criação de tilápia em Itaipu

Preço do leite pago ao produtor sofre novo recuo

Programa de Autocontrole ganha destaque em workshop

DE HEUS

De Heus deve potencializar ações focadas em aquacultura