in ,

Preços do boi e da carne se aproximam

Até o dia 12 deste mês, a diferença entre o boi para abate e a da proteína era de 11,67 Reais/arroba

foto: reprodução

Recente levantamento realizado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostrou que o Indicador CEPEA/B3 registrou queda mais intensa da arroba do boi gordo paulista, frente a da carne negociada no atacado da Grande São Paulo (carcaça casada). Análise também identificou aproximação entre os valores destes produtos.

Segundo colaboradores do Cepea, até o dia 12 deste mês, a diferença entre o boi para abate e a proteína no atacado era de 11,67 Reais/arroba (com vantagem para o animal), contra 19,06 Reais/arroba em março e 12,39 Reais/arroba em abril de 2021. Trata-se, também, da menor diferença desde novembro do ano passado. Para esse resultado, foram consideradas as médias mensais deflacionadas pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) março/22.

Em novembro de 2021, a diferença foi de apenas 7,15 Reais/@, com a carcaça casada cotada a R$ 312,30/@ no atacado da Grande São Paulo e o boi gordo, a R$ 319,44/@ no mercado paulista, em termos reais.

Vale lembrar que, em novembro do ano passado, a média mensal da arroba registrou menor patamar, devido à suspensão dos envios de carne bovina à China, maior destino da proteína brasileira.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Tereza Cristina vai ao Canadá em busca de novas oportunidades

Preço do milho sobe quase 18% após conflito europeu

Debate sobre legislação encerra XIX Congresso de ovos

Equipe Novus SBSA 2022

NOVUS apresenta inovações durante evento avícola

Oficina de Trabalho

Suinocultura: Vetanco ministra oficina de trabalho