in

SP: Vacinação contra Brucelose vai até 31 de maio

Produtores devem estar atentos ao prazo e à declaração

De suma importância para o desenvolvimento animal, o período de vacinação contra a Brucelose entra em fase final, como destaca a Gestão de Defesa Animal e Vegetal (Gedave), da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA).

Segundo a SAA, os produtores têm até o dia 31 de maio para vacinar todas as fêmeas bovinas e bubalinas com idade entre 3 e 8 meses. O prazo de encerramento para a declaração do ato é 7 de junho.

“A vacinação obrigatória contra a Brucelose é administrada em uma única dose nas fêmeas e não precisa ser ministrada novamente no decorrer da vida útil do animal. Aos machos, por sua vez, não é permitida a vacinação”, afirma a Secretária.

O calendário estabelecido no Estado tem como objetivo facilitar a organização do produtor rural. Por isso, reitera-se que o prazo final para declarar as vacinações, tanto da brucelose como da febre aftosa, é o dia 7 de junho.

“Para manter e preservar o rebanho, a Defesa Agropecuária tem foco na obrigatoriedade da vacinação de bovinos com a vacina B19 ou RB51; no abate sanitário ou eutanásia de animais positivados com a doença e na apresentação de atestado negativo durante o transporte de animais destinados à reprodução ou ainda, para participação em feiras e exposições”, destaca a SAA.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

MAPA aponta dicas para compra de pescados

Agro brasileiro amplia exportações durante mês de março

13⁰ Simpósio Técnico da ACAV anuncia nova data

Imagem1

Segurança dos alimentos demanda certificação de embalagens

Setor suinícola ganha destaque durante Alltech ONE