in

Quatro cidades paranaenses são destaques no agronegócio

De acordo com o MAPA, cidades do Estado são grandes produtoras de soja e milho

bandeira parana
Foto: reprodução

De suma importância para o agronegócio brasileiro, o Estado do Paraná, como destaca o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), conta com quatro cidades na lista dos 100 municípios mais ricos do Brasil na produção setorial, são elas: Guarapuava, Cascavel, Tibagi e Toledo. 

Conforme os dados da Produção Agrícola Municipal (PAM), os municípios são classificados como os maiores produtores frente a 2020. A lista considera dois fatores para seleção, o valor da produção das lavouras permanentes e  temporárias, e o Interno Brunto (PIB) dos municípios, considerando o valor obtido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2019.

As cidades correspondem às seguintes classificações: em 49º Guarapuava, com R$1,167 bilhões; em 58º Cascavel – R$1,109 bilhões; 70º – Tibagi – R$932 milhões e 79º – Toledo com R$825 milhões.

Outros Estados com municípios bem selecionados são, Mato Grosso (35), Bahia (9), Goiás (10) e Mato Grosso do Sul (13). Eles representam a maioria na lista dos mais ricos do País em relação ao agronegócio. Soja e milho são os principais produtos responsáveis pelo rendimento dos municípios.

Potencial paranaense

Cada uma das cidades é responsável por uma classificação, entre exportação, líder em vendas e encarregado pelo abastecimento regional e nacional de insumos e demais produtos agrícolas. 

Ainda segundo o IBGE, o PIB do Paraná de 2019 chegou a R$466,3 bilhões, e arrecadação feita pelo agronegócio nos municípios paranaenses da lista de 100 mais ricas foi de cerca de R$21 bilhões.

Fonte: G1, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Suinocultura deve encerrar ano com bons números

Avicultura se mostra robusta em produção, exportação e consumo

FAESP comemora fim de embargo chinês à carne bovina

CARGILL

Projeções indicam boas expectativas para a suinocultura

Exportações de carne suína somam 1,13 milhão de toneladas