in

Avicultura se mostra potente em produção, exportação e consumo

Projeção apresentada pela ABPA indica recordes históricos para 2021 e 2022

avicultura
foto: reprodução

Ao analisar 2021 e expectar números para 2022, Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) indica cenários robustos para a avicultura brasileira. Números foram divulgados durante coletiva de imprensa que ocorreu nesta quinta-feira (16), de modo virtual.

De acordo com a ABPA, a produção avícola deverá alcançar neste ano até 14,350 milhões de toneladas, número 3,5% superior ao registrado no ano anterior, com 13,850 milhões de toneladas. Já o volume projetado para 2022 poderá chegar até 14,900 milhões de toneladas, volume 4% maior em relação a 2021.

Ao que se refere às exportações, as projeções apontam para embarques totais neste ano de até 4,580 milhões de toneladas, número 8% superior ao alcançado em 2020, com 4,231 milhões de toneladas. “Em 2022, as vendas internacionais poderão chegar a 4,750 milhões de toneladas, volume que supera em 5% as exportações projetadas para 2021”, comemora Associação.

Perante o consumo per capita da proteína, encontro destacou que ação deverá alcançar este ano 46 quilos, número 2% maior que o consumo registrado em 2020, com 45,27 quilos. Já em 2022, o consumo per capita projetado alcança 48 quilos, número 4% maior que o esperado para 2021.

“Tanto a produção quanto às exportações projetados para 2021 e 2022 são recordes históricos”, sinaliza a ABPA.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Preços dos ovos apresentam recuo em São Paulo

Médico veterinário alerta sobre mastites

Palestra da JINC aborda carne cultivada

boi

Seguro pecuário ganha espaço e força no setor

unnamed 11

Minerva Foods anuncia nova identidade visual