in

Pesquisa de Salmonella spp demanda assertividade

Como pontua a Bio-Rad, eles são determinantes para a produtividade da Indústria

FSD Webinar 2 IMG 02 PortalFeedFood v2
REPRODUÇÃO

A Salmonella spp., bastonete gram-negativo da família Enterobacteriaceae, é um dos principais patógenos associados a surtos de origem alimentar. Os sintomas da doença desenvolvida são gastroenterites que duram até uma semana, mas que podem se agravar e resultar em óbito, principalmente na população mais vulnerável como crianças, idosos e imunossuprimidos.

Dentre os alimentos popularmente associados a possíveis contaminações por Salmonella estão o ovo e a carne de frango, já que as aves representam um importante reservatório desse microrganismo. Contudo, ela pode ser detectada em qualquer tipo de alimento, como carne bovina, produtos lácteos, alimentos prontos para consumo, pescados, frutas e hortaliças, amendoins e chocolates – a exemplo do recente surto ocasionado por Salmonella Typhimurium, em uma marca de chocolates produzidos em uma unidade fabril da Europa.

Diante do cenário versátil e complexo da ocorrência de Salmonella spp., a IN 60, de 23 de dezembro de 2019 determina a pesquisa desse microrganismo para quase todas as matrizes alimentares e de S. Enteritidis e S. Typhimurium para carnes de aves e seus subprodutos.

O controle de qualidade microbiológico na cadeia produtiva de alimento deve atender as legislações vigentes assim como à demanda de distribuição da Indústria – análises confiáveis com resultados obtidos no menor tempo possível, uma vez que os lotes produzidos precisam chegar rapidamente aos pontos de comercialização com a certeza de que estão seguros para o consumo. As empresas têm em suas mãos a responsabilidade de zelar não somente por sua reputação, mas de cumprir seu papel no âmbito da saúde pública.

Os métodos alternativos rápidos validados internacionalmente, que permitem a otimização da rotina de análises, tem ganhado cada vez mais espaço nos laboratórios que buscam por competitividade no mercado de alimentos. As validações internacionais por instituições independentes como AOAC e AFNOR comprovam o desempenho dos testes, com resultados iguais ou superiores aos das metodologias tradicionais, e ainda posicionam o laboratório em conformidade com as principais normas, a exemplo da RDC331/2019 da ANVISA, que prevê o uso de métodos reconhecidos internacionalmente.

A divisão de Segurança dos Alimentos da Bio-Rad conta com a solução completa para pesquisa de Salmonella, disponibilizando meios de enriquecimento, kits e sistema de alta performance para PCR em Tempo Real, agar cromogênicos, antissoros e um software intuitivo desenvolvido especialmente para essa categoria de análises, sendo todos os produtos validados internacionalmente.

A detecção de Salmonella spp por PCR em Tempo Real – método iQ Check, pode ser realizada com resultados em até 12h para amostras de carne crua. Com protocolo de 16h de enriquecimento em água peptonada tamponada e corrida encurtada, as análises de produtos cárneos são concluídas em 1h10 adicionais.

O método iQ-Check permite também a tipificação presuntiva de S.Enteritidis e S.Typhimurium em até 26h, um ganho de produtividade robusto em comparação ao período de 4 a 7 dias necessários com os métodos de cultura tradicionais.

Além da metodologia baseada em Biologia Molecular, os meios cromogênicos da linha RAPID’ também oferecem alta especificidade e seletividade, graças a combinação de atividades enzimáticas e inibição da flora interferente. O RAPID’Salmonella é indicado como meio secundário na ISO 6579 e para confirmação dos testes positivos obtidos através da tecnologia de PCR em Tempo Real, cujo tempo para incubação e leitura da placa é de 24h±2h após os processos de enriquecimento regulares. Outro diferencial do meio é a possibilidade de um protocolo encurtado, com a utilização de uma cápsula seletiva no enriquecimento com água peptonada, permitindo a obtenção de colônias típicas em 48h, ante as 72h do protocolo ISO 6579.

A Bio-Rad oferece ainda produtos que atendem a ISO 6579-3, de acordo com o método de Kauffman White.  Para saber mais sobre como a empresa pode ajudar nessas e em outras análises do seu laboratório de alimentos, clique aqui.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

MAPA aponta dicas para compra de pescados

Agro brasileiro amplia exportações durante mês de março

13⁰ Simpósio Técnico da ACAV anuncia nova data

o que fazer em sao paulo capa2019 01

Planeta Agro aproxima população paulista do setor produtivo

Alltech ONE terá como foco a indústria do leite