in

Governo libera crédito para equilibrar dívidas de produtores

De acordo com o MAPA, os recursos serão utilizados para pagar débitos e custear investimentos

foto: reprodução

A fim de diminuir os impactos das dívidas do crédito rural, a Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia publicou, no último dia 20, uma Portaria para equilibrar os gastos, no valor de R$1,52 bilhão. Os recursos serão utilizados para o pagamento da equalização de dívidas contratadas em Planos Safras de anos anteriores, tanto para custeio, investimento ou no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), os recursos liberados não estão relacionados com a suspensão das novas contratações com recursos equalizados pelo Tesouro Nacional, correspondentes ao Plano Safra 2021/2022, que ainda dependem da aprovação pelo Congresso Nacional do PLN 1/2022, que prevê R$ 868 milhões para essa finalidade.

Para o diretor de Políticas de Financiamento ao Setor Agropecuário, da SPA/Mapa, Wilson Vaz de Araújo, “essa aprovação é crucial para a reabertura das linhas do Plano Safra 2021/2022 que estão suspensas. Nós temos represados cerca de R$24 bilhões em linhas de crédito que dependem desse PLN”.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

MAPA aponta dicas para compra de pescados

Agro brasileiro amplia exportações durante mês de março

13⁰ Simpósio Técnico da ACAV anuncia nova data

Entenda os benefícios de uma boa suplementação

Levantamento aponta valorização no preço do grão de soja