in

Recuo marca embarques de ovos em março

Exportações caíram 72,7% quando comparadas com fevereiro

foto: reprodução

As exportações de ovos comerciais (in natura e processados) registraram queda, conforme levantamento divulgado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). O produto esteve em ritmo intenso e constante desde agosto/21 e agora, depois de sete meses, apresentou o menor volume de embarques..

De acordo com dados oficiais da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), compilados por pesquisadores do Cepea, “o Brasil exportou 572 toneladas da proteína no último mês, quantidade 72,7% menor que a embarcada em fevereiro e 4,1% inferior à de março/21”.

No entanto, em termos financeiros, o aumento do preço médio pago pelo produto exportado favoreceu a receita obtida com os embarques em março, o que amenizou a queda mensal. Inclusive, as cotações elevaram o montante arrecadado no mesmo período do ano passado.

Segundo Cepea, no último mês, as exportações alcançaram o valor de R$7,3 milhões em ovos in natura e processados, o número é 55,5% menor que o mês de fevereiro, mas 33,2% acima da recebida em março/21.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Tereza Cristina vai ao Canadá em busca de novas oportunidades

Preço do milho sobe quase 18% após conflito europeu

Debate sobre legislação encerra XIX Congresso de ovos

NOVUS

NOVUS pauta otimização de granjas suinícolas

Avanço preço do milho

Conab expecta bons números para safra de milho