in

Alagoas imuniza mais de 120 mil animais contra PSC

Campanha faz parte do projeto piloto de implantação do Plano Estratégico Brasil Livre de Peste Suína Clássica (PSC)

Foto: reprodução

De março a abril, campanha de vacinação contra Peste Suína Clássica (PSC), em Alagoas, vacinou mais de 120 mil animais. A iniciativa faz parte do projeto piloto de implantação do Plano Estratégico Brasil Livre de Peste Suína Clássica (PSC).

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), os animais são distribuídos em quase seis mil propriedades rurais do Estado. O investimento para a realização do projeto piloto conta com recursos público e privado, que somam quase de R$ 3 milhões.

“As vacinas aplicadas foram doadas pela Zoetis, Indústria de Produtos Veterinários LTDA, e a aplicação foi realizada por 65 vacinadores contratados pela iniciativa privada. O MAPA fez a fiscalização e a auditoria do processo”, destaca o Ministério.

A PSC, também conhecida como febre suína, é uma doença viral, altamente contagiosa e que afeta somente suínos domésticos e asselvajados. Não é transmissível a humanos. Os principais sintomas nos animais são febre alta, lesões avermelhadas na pele, conjuntivite, falta de apetite, fraqueza, diarreia e aborto.

Vale ressaltar que, além de Alagoas, outros dez Estados fazem parte da zona não livre da doença, sendo eles Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Roraima.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

MAPA aponta dicas para compra de pescados

Agro brasileiro amplia exportações durante mês de março

13⁰ Simpósio Técnico da ACAV anuncia nova data

Vacinação contra Febre Aftosa será suspensa no Bloco IV

Pecuaristas devem estar atentos às condições das pastagens