in

Ações na Gulfood podem gerar US$130 milhões em negócios

Espaço gastronômico brasileiro esteve entre ações realizadas no evento

EVENTO

A ação realizada pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), durante a Gulfood 2021, encerrada na última semana, em Dubai (Emirados Árabes Unidos), pode gerar mais de US$ 130 milhões em exportações, a partir das projeções dos encontros de negócios ocorridos no evento.

A principal ação da avicultura brasileira para o mercado halal gerou US$ 13,250 milhões em negócios apenas durante o evento. Além do fechamento de contratos, a divulgação dos atributos dos produtos brasileiros foi outro diferencial da ação em Dubai.

Em um espaço gastronômico exclusivo no estande da parceria ABPA & Apex-Brasil, foram servidos 2,6 mil shawarmas (prato típico árabe) e 600 omeletes à base de produtos brasileiros, para os milhares de visitantes, clientes e potenciais importadores vindos de diversas partes da África, Europa e Ásia.   Paralelamente e respeitando todos os protocolos, materiais promocionais foram “distribuídos” digitalmente, por meio de QR-Code

“A implantação de medidas protetivas tornou a edição deste ano mais focada em consolidação de negócios e resultados, especialmente neste momento em que vemos o incremento das exportações para o Oriente Médio. Ao mesmo tempo, cumprindo todos os protocolos, promovemos a qualidade e os diferenciais do nosso produto. Em um momento de forte tensão global, os resultados alcançados na Gulfood são a sinalização da manutenção do momento positivo para o setor em 2021”, analisa o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Fonte: ABPA, adaptado pela equipe feed&food.

Piscicultura registrou crescimento de 5,93% em 2020

Programa Examina Ourofino traz tecnificação para as fazendas