Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Embrapa recebe proposta sobre restauração florestal produtiva  

A ideia é que o projeto, apresentado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, tenha início no Pará 
feedfood
Foto: reprodução

Em prol de um mercado cada vez mais sustentável, Ministério do Desenvolvimento Agrário apresentou à Embrapa a proposta para incentivar a restauração florestal produtiva. De acordo com o ministro Paulo Teixeira, a ideia é que o projeto tenha início no Pará. Encontro ocorreu no domingo (06). 

Segundo  proposta, em territórios compostos por 50 famílias, deve funcionar uma estrutura composta por um espaço de socialização do conhecimento, um viveiro comunitário de mudas e uma unidade de referência tecnológica com arranjos de Sistemas Agroflorestais (SAFs). Articulada pelo trabalho da assistência técnica, essa estrutura fomentaria a implantação de SAFs, agricultura e restauração de florestas para as famílias do território. 

Nesse trabalho, caberia à Embrapa contribuir na transferência de tecnologias sustentáveis de produção e na formação de técnicos e agentes multiplicadores. 

Para a diretora de Negócios da Embrapa, Ana Euler, presente na reunião, a empresa tem expertise para oferecer aos agricultores a implantação de SAFs que começam a dar resultado financeiro para o produtor no primeiro ano, por meio de culturas temporárias, incluindo alimentos biofortificados. 

“Não é preciso estruturar viveiros em cada território, o que demandaria tempo. Já conhecemos os existentes assim como as espécies mais adequadas para cada região e uma articulação pode fornecer essas mudas de forma mais rápida”, contou, ao pontuar que a Embrapa já possui um levantamento dos viveiros de mudas de espécies florestais no Pará.

Fonte: Embrapa, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Produção nacional de carnes e grãos apresenta mudanças

Brasil exportará carnes processadas à Singapura

Exportações brasileiras de carne de frango crescem 6,6% em julho