in

Exportações de soja garantem novo recorde

Segundo a Anec, envios de janeiro a novembro já somam 84,2 milhões de toneladas

farelo de soja
Reprodução

Em alta, e antes mesmo do encerramento do ano, exportações de soja nacional garantem novo recorde. Como aponta a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), de janeiro a novembro de 2022, 84,2 milhões de toneladas já foram embarcadas.

De acordo com a Anec, soma resulta em quase 2 milhões a mais que o total exportado em 2020 – 82,3 milhões de toneladas, nas contas da entidade. A melhor marca até agora era a de 2018, com 83,3 milhões de toneladas.

Cenário é constado após ritmo dentro do esperado no primeiro semestre, quando a maior parte das exportações brasileiras é escoada, as vendas ganharam fôlego extra a partir de agosto. Contudo, como também aponta levantamento realizado pelo Valor Econômico, “houve problemas logísticos nos Estados Unidos depois da passagem do furacão Ida, e o Brasil foi beneficiado”.

“O fato é que, diante desses problemas, da valorização do dólar frente ao real e da ainda boa disponibilidade após mais uma colheita recorde na safra 2020/21, a soja brasileira ficou mais barata para a China, que lidera as importações mundiais – o Brasil é o maior país exportador”, destaca o informativo.

Fonte: Anec e Valor Econômco, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

IP-APTA inova na produção de ração sustentável

Brasil e Paraguai debatem sobre criação de tilápia em Itaipu

Preço do leite pago ao produtor sofre novo recuo

A1

Genética líquida: Liquid é a nova aposta da Topigs Norsvin

CARNE

Procura por carne bovina deve aumentar