in

Contratação de financiamento rural apresenta alta de 30%

Segundo o MAPA, porcentagem é referente ao período de julho a dezembro de 2021

DINHEIRO
reprodução

Em recente levantamento feito pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), entre os meses de julho a dezembro, o equivalente a seis meses da Safra 2021/2022, os produtores rurais contrataram R$159,7 bilhões em crédito rural, uma elevação de 30% em comparação ao mesmo período da safra anterior. O valor solicitado por muitos produtores é destinado a custeio, investimento e industrialização.

A Região Norte do País apresentou o melhor desempenho nas contratações de crédito rural, mesmo sendo o menor representante se comparado às outras regiões. Segundo o MAPA, as demais localidades “apresentam decrescimento no número de contratos de investimento”.

No último semestre, a participação dos recursos controlados no valor total das liberações foi de 68%, a mesma observada no período de safra anterior. Essa participação foi de 50% para os Recursos Obrigatórios e os da Poupança Rural Controlada.

Vale ressaltar que a Poupança Rural Controlada teve muita participação nas finalidades de custeio e investimentos, o que totalizou em 70% para custeio e 30% nos investimentos. Enquanto a fonte de Recursos Obrigatórios foram majoritariamente destinados para custeio (74%) e industrialização (20%).

Em relação aos investimentos, o maior aumento na dotação de recursos ocorreu para os programas Agricultura de Baixo Carbono (ABC) e Programa de Conservação Auditiva (PCA).

Por fim, os saldos totais dos recursos equalizáveis, remanescentes no final de dezembro de 2021, foram de 36% para os investimentos e de 37% para o custeio, comercialização e industrialização. Para saber mais sobre os programas solicitados no último semestre, acesse o site, clicando aqui.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Suinocultura deve encerrar ano com bons números

Avicultura se mostra robusta em produção, exportação e consumo

FAESP comemora fim de embargo chinês à carne bovina

CHAMP

Champion Saúde Animal anuncia novo presidente Brasil

Suinocultura brasileira vive momento ímpar