in

Evonik investe em Centro de Tecnologia Aplicada

Investimento será de aproximadamente R$ 20 milhões e será direcionado para inovação

Como uma das líderes mundiais em especialidades químicas e em plena rota de crescimento em nível global, a Evonik continua comprometida em fortalecer sua presença também na América Central e do Sul.

O investimento aprovado para o Brasil – em torno de R$ 20 milhões – está sendo direcionado à construção de um moderno conjunto de laboratórios e plantas piloto na cidade de Americana (SP), onde a Evonik já possui duas plantas industriais. As obras tiveram início no final de 2020 e a inauguração está prevista para o último trimestre deste ano.

O ATC abrigará oito laboratórios – voltados aos mercados de cuidados pessoais, cuidados do lar, poliuretanos, farmacêutico, agro, construção civil, produtos à base de epóxi, tintas e nutrição animal – e duas plantas piloto – dirigidas às áreas de nutrição animal e poliuretanos.

Com área total de aproximadamente 2.300 m2, o novo empreendimento contará também com auditório, recepção, salas de reunião, espaço de ‘co-working’ e espaço de convivência.

Ambiente colaborativo


O primeiro Applied Technology Center da Evonik no Brasil foi concebido para ser o Estado-da-Arte em termos de tecnologia e inovação, visando promover um ambiente colaborativo, favorável para as discussões técnicas e a criação de aprimoramentos ou novas soluções a partir das demandas dos clientes.

O objetivo é proporcionar aos clientes uma experiência aprofundada no universo Evonik, com todo o know-how que o Grupo possui em nível global atuando em mais de 100 países.

“Na Evonik valorizamos muito o atendimento e a proximidade com os mercados. Este novo investimento reforça o respeito e a dedicação que temos com os clientes dos diversos segmentos atendidos pela empresa, auxiliando-os a crescer e a prosperar a partir das inovações desenvolvidas pela Evonik”, destaca Elias Lacerda, Diretor Presidente para a Região América Central e do Sul da Evonik.

Local Estratégico


Americana tem uma excelente localização – estando próxima de universidades, indústrias, agronegócio, aeroporto, malha rodoviária e clientes – e dispõe de boa infraestrutura. O polo industrial da Evonik em Americana já conta com uma planta dedicada à produção de ingredientes para a indústria de cosméticos e cuidados para o lar e uma fábrica de sílicas que atende fabricantes de borracha, nutrição animal e humana, agroquímicos e cremes dentais, inauguradas em 2014 e 2016, respectivamente.

A produção nessas plantas reforçam o portfólio de produtos sustentáveis oferecidos pela Evonik, como as sílicas utilizadas para a fabricação dos chamados pneus “verdes”, que possuem baixa resistência ao rolamento; e os biossurfactantes baseados em recursos renováveis e que se encaixam perfeitamente nas exigências dos consumidores por maior sustentabilidade na produção de bens de consumo.

Também na planta de cosméticos e cuidados para o lar, em Americana, a Evonik teve a oportunidade de contribuir com as ações da indústria química em prol do combate à disseminação do Coronavírus. Desenvolveu um sanitizante para as mãos, para distribuição na área da Saúde. Várias entidades e hospitais da região de Americana já receberam a doação do sanitizante, bem como de outros itens de limpeza, higiene e alimentos, reforçando a corrente do bem que se formou para amenizar os desafios impostos pela pandemia.

Fonte: A.I.

LEIA TAMBÉM:

Forte demanda mantém preço do suíno vivo em alta

Contínua valorização do milho afeta pecuaristas

SP realiza Fórum sobre retirada da vacinação contra Febre Aftosa


Cargill investe 2 milhões em Centro de Pesquisa

Forte demanda mantém preço do suíno vivo em alta