in

Clima seco no Sul do País desfavorece produção de soja

De acordo com informações divulgadas, entidades governamentais já trabalham para reduzir estimativas

reprodução

Atualmente, com o clima desfavorável para os produtores de soja do Paraná, muitos deles já iniciaram a colheita da safra de verão (2021/22). Contudo, pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), alertam que a continuidade do clima seco em importantes regiões produtoras do Brasil tem feito crescer as expectativas de forte queda na produção.

De acordo com o Cepea, ao analisar cenário atual brasileiro, na metade do Norte do País, as chuvas estão em excesso, no Sul e em parte de Mato Grosso do Sul, o clima segue enxuto.

Diante de tal situação, entidades governamentais e consultorias já trabalham para reduzir as estimativas de produção para a atual temporada. Os preços da soja tanto no mercado interno quanto externo já estão impulsionados, o que indica uma estabilidade inicial.  Na última semana, o Indicador CEPEA/ESALQ – Paraná atingiu recorde nominal da série do Cepea, iniciada em julho de 1997.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Suinocultura deve encerrar ano com bons números

Avicultura se mostra robusta em produção, exportação e consumo

FAESP comemora fim de embargo chinês à carne bovina

Marfrig reinclui fazendas como fornecedoras

Brasil amplia exportação de carne de frango aos Emirados Árabes