in

Projeções indicam boas expectativas para a suinocultura

Análise do Cepea aponta crescentes nas vendas externas e internas.

CARGILL

Nesta quinta-feira (06), o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) pautou expectativas para 2022 dentro da suinocultura, apontando crescentes nas vendas externas e internas. No entanto, o cenário ainda é de incertezas, o que pode implicar em oscilação nos preços durante os meses.

De acordo com pesquisadores, para o lado produtivo, o custo tende a se manter elevado e seguir pressionando as margens da atividade e, ao que se refere a demanda pela carne, a mesma deve seguir avançando, mas de forma moderada, se comparada ao ano anterior. Como aponta a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), consumo per capita brasileiro deve aumentar em até 3% .

“Ressalta-se que inflação, incertezas políticas e a insegurança ainda causada pela pandemia de Covid-19 são fatores que também podem pesar negativamente sobre o setor suinícola brasileiro”, afirma o Centro de Estudos, ao lembrar que, quanto às vendas externas, as projeções da ABPA indicam que os embarques brasileiros de 2022 podem superar em até 7,5% os de 2021.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Suinocultura deve encerrar ano com bons números

Avicultura se mostra robusta em produção, exportação e consumo

FAESP comemora fim de embargo chinês à carne bovina

carne vermelha

Estudo revela alta nos preços da carne bovina para 2022

bandeira parana

Quatro cidades paranaenses são destaques no agronegócio