Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
BOVINOCULTURA

Conteúdo

Produção de leite no Brasil apresenta cenário preocupante

Pesquisadora do Instituto de Economia Agrícola elenca motivos em estudo publicado
feedfood
Foto: reprodução

O abandono da atividade e a concentração da produção, que até então ocorria basicamente na agricultura familiar, agora parece ameaçar a produção de leite no País em 2023. A análise é da pesquisadora do Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), órgão ligado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Rosana de Oliveira Pithan e Silva.

A saída de produtores, especialmente médios e pequenos, e a redução do rebanho, é um fator que vem crescendo no Brasil, conta a pesquisadora: “É uma tendência mundial, que funciona como uma estratégia que busca maior eficiência, com necessidade de escala para reduzir custos e ter rentabilidade maior”.

De acordo com ela, ainda há sinais de que a concentração da atividade ocorre na propriedade com maior escala e redução de rebanho, segundo a Embrapa. Atualmente, 2% dos estabelecimentos produzem 30% do leite do País.

A saída de produtores, especialmente médios e pequenos, e a redução do rebanho, são tendências mundiais (Foto: reprodução)

No estudo publicado pelo IEA, a pesquisadora aponta esse motivo como fundamental para se ter uma perspectiva do que pode ocorrer no mercado daqui para frente. Como consequência, pode-se ter condução do mercado e diminuição da concorrência, atuando conforme interesse das empresas e, muitas vezes, com restrição da oferta de produtos e preços mais altos.

Esse modelo concentrador, ela reforça, já ocorreu em vários setores do agro. E, em sua visão, Isso mostra a necessidade de políticas públicas aos médios e pequenos produtores, principalmente àqueles da agricultura familiar, como os assentados, que buscam uma atividade que dê garantia de uma renda mensal. 

“A redução de sua participação na produção poderá, a curto e a médio prazo, tirá-los do mercado, trazendo grande problema social, que deve ser pensado antes que ocorra de fato”, alerta Rosana.

Leia o estudo “Panorama do Mercado de Leite em 2023”, por Rosana de Oliveira Pithan e Silva.

Fonte: SAA, adaptado pela equipe Feed&Food.

LEIA TAMBÉM:

Estudantes e recém-formados: atitude é fundamental para ingressar na suinocultura 

Segundo dia da Pig Fair é palco de lançamentos e casa cheia

SP: APA seleciona veterinários para Programa de Sanidade 

Patrocinado
Patrocinado