Patrocinado
SUINOCULTURA

Conteúdo

Genética contribui para o aumento do valor total da carcaça suína 

Gustavo Lima, da Agroceres PIC, falou sobre o tema durante evento no Paraná 
feedfood

Em participação à 2ª edição do Dia do Suinocultor, Agroceres PIC aborda contribuição da genética para o aumento do valor total da carcaça suína. O zootecnista Gustavo Lima, da equipe de Serviços Técnicos e Validação de Produtos da Agroceres PIC, foi um dos palestrantes do evento. 

O profissional, ao explorar o  tema “Máximo Valor da Carcaça Suína”, discutiu os atributos que constituem o valor total da carcaça – rendimento de cortes, qualidade de carne, teor e qualidade de gordura (este último, um item de crescente importância no mercado) – e a relação entre eles, sempre tendo como pano de fundo a contribuição da genética para a melhoria de cada uma dessas características. 

“O foco do melhoramento sempre foi a rentabilidade. Hoje os programas genéticos têm se concentrado em melhorar o valor total da carcaça, incluindo peso, volume de carne e a qualidade de cortes primários e secundários. Os avanços têm sido grandes”, comentou.  

No encontro, realizado nesta quinta-feira (20), na cidade de Marechal Cândido Rondon (PR), Gustavo Lima abordou também os critérios e metodologias utilizados pela indústria para bonificar ou penalizar pela qualidade da carcaça. Segundo Lima, é necessário ter uma visão global sobre as características que compõem o valor total da carcaça, pois é esse conjunto de atributos que impacta a satisfação do consumidor e determina o sucesso econômico da atividade. 

Fonte: A.I, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Resiliência e força: Campanelli anuncia novo confinamento

Sucesso de público, evento da Unifrango surpreende organização

H5N1: delegação brasileira irá ao Japão no final de julho