in ,

Primeiro lote para o 13º SBSS chega ao fim nesta segunda-feira

Evento está programado para ocorrer entre os dias 10 e 12 de agosto

O primeiro lote dos ingressos para o 13º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura (SBSS) encerra nesta segunda-feira (19). Os valores são diferenciados nesta primeira etapa e, para o segundo e terceiro lotes, serão reajustados. O evento está programado para o período de 10 a 12 de agosto. Paralelamente ocorrerá a 12ª Brasil Sul Pig Fair virtual. As inscrições podem ser feitas no site https://nucleovet.com.br/.

O evento é uma promoção do Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet). Em face da persistência da crise sanitária decorrente da pandemia do novo coronavírus, os dois eventos serão realizados totalmente on-line, com geração e transmissão a partir de Chapecó (SC).

Valores para participar do SBSS

Os valores do primeiro lote são: R$ 400 para profissionais; R$ 300 para estudantes; R$ 200 para associados do Nucleovet; R$ 300 para agroindústrias e órgãos públicos, com pacotes a partir de dez inscrições; e R$ 270 para universidades, também com possibilidade de pacotes. O segundo lote será comercializado no período de 20 de julho a 4 de agosto e o terceiro lote a partir do dia 5 de agosto e durante o evento. Os pacotes podem ser parcelados em até três vezes.

Programação do evento

O 13º SBSS terá cinco blocos que abordarão tendências de futuro, biosseguridade, uso prudente de antimicrobianos, nutrição e sanidade. O presidente da Comissão Científica do SBSS, Paulo Bennemann, explica que a programação científica traz palestrantes com alta expertise nos temas. “Os especialistas debaterão tendências, inovações e o futuro da suinocultura dentro das temáticas definidas para cada painel. Serão três tardes que proporcionarão muito conhecimento e trocas de experiência, trazendo forte conexão com o cenário mundial do setor”, sublinha.

O presidente do Nucleovet, Luiz Carlos Giongo, revela que o desafio de realizar o SBSS 2021 é manter o alto nível técnico e de organização dos eventos presenciais. “Faremos um evento trazendo informação de ponta, com o que há de mais novo no mercado, qualidade de temas e palestrantes com profunda experiência prática, provocando debates sobre as principais demandas do setor suinícola”, enfatiza, ao acrescentar que o evento on-line amplia e democratiza o acesso às palestras e à feira virtual, sem deslocamento.

Desde a primeira edição, o objetivo do Simpósio é promover o aprimoramento dos médicos veterinários, zootecnistas, consultores, pesquisadores, profissionais da agroindústria, produtores e demais profissionais envolvidos com a ampla e complexa cadeia da suinocultura. “O SBSS é essencialmente um evento de natureza científica, com grande capacidade para indicar tendências e atualizar os atores do complexo universo da suinocultura mundial”, realça Bennemann.

Apoiadores do SBSS

O 13º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura tem apoio da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), do Conselho Regional de Medicina Veterinária de SC (CRMV/SC), da Embrapa, da Prefeitura de Chapecó, da Unochapecó e da Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária (Somevesc).

Fonte: A.I., adaptado pela equipe feed&food.

CONFIRA TAMBÉM :

México deve potencializar compra de carne de frango brasileira

Faesp aponta preocupação com juros do Plano Safra

Fique por dentro das principais atualizações do mercado de proteína animal, acompanhe também: www.revistafeedfood.com.br

Por que ampliar desmamados/fêmea/ano ainda é desafiador?

Mantiqueira lança relatório baseado em ESG