Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
BOVINOCULTURA

Conteúdo

Nova diretoria da Mesa Brasileira da Pecuária Sustentável é empossada

Nova liderança é válida para o triênio 2024-2027
feedfood

No dia 02 de julho, durante reunião na sede da Sociedade Rural Brasileira (SRB) em São Paulo (SP), tomaram posse os novos membros da Comissão Executiva, Conselho Diretor e Conselho Fiscal da Mesa Brasileira da Pecuária Sustentável, eleitos em Assembleia Geral Ordinária (AGO) realizada em abril.

A Comissão Executiva, composta por presidente, vice-presidente e tesoureiro, representa a entidade legalmente e orienta a equipe executiva em decisões operacionais. Pela segunda vez, uma mulher assume a presidência: a gerente nacional do programa Carne Angus Certificada da Associação Brasileira de Angus (ABA), Ana Doralina Alves Menezes. O gerente de projetos do Imaflora, Lisandro Inakake de Souza, é o novo vice-presidente, e o diretor de sustentabilidade da ABIEC, Fernando Sampaio, assume como tesoureiro.

“Como a segunda mulher a ocupar este cargo em 17 anos, sinto-me honrada e inspirada pela oportunidade de contribuir para o avanço da nossa cadeia da carne brasileira. Juntos, buscaremos fortalecer e expandir nossas práticas sustentáveis, garantindo que a pecuária brasileira continue a ser reconhecida mundialmente pela sua excelência e responsabilidade”, comentou Ana Doralina em seu discurso de posse.

“Juntos, buscaremos fortalecer e expandir nossas práticas sustentáveis”, conta Ana Doralina (Foto: reprodução)

O Conselho Diretor é composto por dois representantes de cada uma das sete categorias associadas, focando na representação e discussão de questões estratégicas da entidade. Anualmente, 1/3 dos membros é renovado, respeitando a ordem cronológica de entrada para garantir a constante renovação da diretoria. Os conselheiros empossados são: o representante da CNA, João Paulo Franco (Produtores); Francisco Beduschi da NWF (Sociedade Civil); Ricardo Andrade do CICB (Indústrias); João Schimansky Netto da Norvida (Varejo e Restaurantes); Delair Bolis da MSD (Insumos); Taciano Custódio do Rabobank (Instituições Financeiras); e Rafaela Verdi da Inttegra (Serviços). Eles permanecerão até meados de 2026.

“O dia de ontem foi marcado pela formação de um time que jogará os próximos campeonatos da pecuária sustentável; todos os representantes das categorias que transformam a pecuária brasileira. A união de todos fará diferença para alcançarmos os objetivos da Mesa Brasileira. Tarde produtiva de atualização de planejamento e direcionamento de rotas. Juntos somos vozes e ação mais fortes”, comentou Rafaela Verdi.

O Conselho Fiscal verifica e valida contas e balanços financeiros da Mesa Brasileira, além de orientar sobre a melhor utilização dos recursos. Aécio Flores, atual coordenador do GT de Rastreabilidade e vice-presidente da ABCAR, e Evandro Poleze, diretor de negócios Vivax e assuntos regulatórios na Zoetis, são os novos membros titulares deste Conselho para o mandato atual.

“A Mesa Brasileira da Pecuária Sustentável vem ano após ano se fortalecendo e crescendo em relevância dentro da cadeia de produção pecuária do Brasil. Tenho certeza de que a nova diretoria que assumiu ontem une muito bem liderança e competência, que alinhados ao conhecimento, dá uma equação de sucesso”, comentou Aécio Flores.

Após a posse, os novos membros da Comissão Executiva e Conselhos Diretor e Fiscal discutiram o plano de transição, que vinha sendo construído desde a AGO, e a elaboração de um documento setorial de ações prioritárias para a transição sustentável na pecuária.

Fonte: Mesa Brasileira da Pecuária Sustentável, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Gelatina de tambaqui: Embrapa desenvolve alternativa eficiente para indústria

Plano Safra 24/25 oferece R$ 508,59 bilhões ao agronegócio

Revolução tecnológica na suinocultura: um avanço inevitável

Patrocinado
Patrocinado