Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
AVICULTURABOVINOCULTURA

Conteúdo

Diferença de preços entre carne de boi e de frango se intensifica

feedfood
FOTO: REPRODUÇÃO

Assim como ocorreu durante 2021, os altos e baixos apresentados pelas proteínas produzidas em território brasileiro seguirá ocorrendo. Como exemplo, Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) aponta que diferença entre os valores das carnes de frango e de boi é a maior da série.

De acordo com o Cepea, enquanto os preços da carne de frango estão em queda nesta parcial de janeiro (até o dia 20), os da proteína bovina estão em alta. “Na média parcial deste mês, a diferença entre as cotações do frango inteiro resfriado e da carcaça casada bovina, de 15,48 Reais/kg, é a 2ª maior de toda a série histórica do Cepea, iniciada em 2004”, destaca.

Para a Equipe de Boi do Cepea, apesar da fraca demanda doméstica por carne bovina, devido ao fragilizado poder de compra da maior parte da população brasileira, “a oferta restrita de animais para abate mantém os preços da proteína em alta. Por outro lado, para o frango, a demanda vem diminuindo desde outubro, pressionando as cotações”.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Suinocultura deve encerrar ano com bons números

Avicultura se mostra robusta em produção, exportação e consumo

FAESP comemora fim de embargo chinês à carne bovina

Patrocinado
Patrocinado