in ,

Conferência Pecuária 360º abordará sustentabilidade

Ação está agendada para acontecer nos dias 15 e 16 de março em São Paulo

granja 1
Foto: divulgação

A fim de discutir preocupações em relação aos impactos ambientais de qualquer atividade humana, mas, principalmente, da produção de alimentos, a conferência “Pecuária 360º – Summit 2022”, terá palestras focadas em visão de negócios, produção, comercialização, network e consumidor. Ação está programada para acontecer nos dias 15 e 16 de março, no Hotel Pullman Vila Olímpia, em São Paulo, no formato 100% presencial. Entre os tópicos abordados: “As Novas Demandas e Oportunidades de Negócios em Sustentabilidade”, será um dos pilares da reunião, ministrado pelo líder global de sustentabilidade da DSM, Carlos Saviani.

No painel de Saviani, serão apresentadas as demandas internacionais, nacionais, da sociedade, dos investidores e de órgãos reguladores. “Vou abordar sobre os impactos que as ações sustentáveis têm para o valor das empresas, para o valor reputacional, para o valor financeiro, para o valor das ações e como problemas de sustentabilidade são traduzidos em riscos e oportunidades para os investidores”, explica o líder.

O palestrante fará, durante sua apresentação, uma ‘tradução’ da sustentabilidade, do foco ambiental e social para o financeiro e de negócios.  Além de apontar as novas demandas e oportunidades de negócios em sustentabilidade, com três áreas: financeira, de consumo e dos órgãos reguladores. 

“Criamos mecanismos de análises, relatórios, sistemas e profissões para tornar a agricultura e a pecuária mais atrativas possível e que tragam retorno econômico, por isso, existe um arcabouço de estratégias, táticas, ações, sistemas, serviços profissionais, montados para nos preocuparmos com a parte econômica”, completa.

Investimentos

De acordo com Saviani, as empresas ajudam o setor a ser socialmente sustentável. “Hoje, os frigoríficos e laticínios investem bilhões para garantir a segurança do alimento. O consumidor não vê isso, mas existem milhões de profissionais por trás, laboratórios, processos, equipamentos caríssimos nos frigoríficos, tratamento das mais diversas formas para garantir a segurabilidade, embalagens, refrigeração e muito mais”.

Ainda segundo o líder, a sustentabilidade ambiental, muitas vezes, caminha junto com a lucratividade, com a responsabilidade social, então ela pode trazer agregação de valor e outras vantagens, como abertura de novos mercados, acesso às ‘capitais verdes’ com juros mais baixos e prazos mais longos.

Programação

Outros nomes importantes para o setor já confirmaram presença durante a reunião. Os interessados em participar do evento podem se inscrever até o dia 13 de março. 

Vale ressaltar que a conferência seguirá todas as normas de segurança sanitária contra a Covid-19, sendo assim, só poderão participar da reunião pessoas vacinadas, bem como o uso constante de máscaras e utilização de álcool em gel. Nos dois dias também haverá profissionais da saúde para fazer a medição de temperatura dos participantes.

Para saber mais sobre o evento, acesse o site, clicando aqui.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Suinocultura deve encerrar ano com bons números

Avicultura se mostra robusta em produção, exportação e consumo

FAESP comemora fim de embargo chinês à carne bovina

granja

Cobb-Vantress investe em ampliação sul-americana

INDUKERN 1

Indukern Brasil e Ingredion firmam parceria