Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
EVENTOS

Conteúdo

Competitividade da soja brasileira é tema de Seminário

feedfood
graos de soja

Foram abertas as inscrições para a 4ª edição do seminário ‘Desafios da Liderança Brasileira no Mercado Mundial da Soja’, que será realizado entre 08 e 09 de novembro, a partir das 08h, na Embrapa Soja, em Londrina (PR).

Promovido pela Embrapa Soja, o seminário tem o apoio da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE), da Associação das Empresas Cerealistas do Brasil (ACEBRA), da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (ANEC), da Associação das Supervisoras e Controladoras do Brasil), OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras (ASCB) e do Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (Sindirações). 

O encontro pretende debater as oportunidades e os desafios para incrementar a competitividade da soja brasileira, a partir da realização de quatro painéis. Entre as temáticas a serem abordadas estão: a qualidade da soja no Brasil e os produtos derivados, os impactos da biotecnologia na produção brasileira e mundial, a importância da qualidade da proteína na soja e os biocombustíveis obtidos a partir de óleos vegetais, como o biodiesel.  
 
Durante o evento, haverá ainda debate sobre a revisão do padrão oficial de classificação da soja, que teve início no seminário técnico realizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), em Brasília, no final de setembro de 2022. “A expectativa dos produtores, compradores, processadores e exportadores de soja é de conciliação em relação à Portaria 532. A proposta de conciliação dessa Portaria – após discussões – irá à consulta pública a fim de substituir a IN 11 de 2007, que define o padrão oficial de classificação de soja”, destaca o pesquisador Marcelo Álvares de Oliveira, da Embrapa Soja. “Certamente melhorias nos conceitos dos defeitos e discussões referente aos Grupos e Tipos deverão nortear a revisão desse padrão oficial, alinhando o padrão brasileiro com o americano, o argentino e o chinês, sendo esses países os maiores ‘players’ desse mercado”, avalia.  
 

Soja Brasileira 

Segundo estimativas da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE), a atual safra deve superar a marca de 127 milhões de toneladas produzidas e registrar um recorde histórico no processamento do grão de 49 milhões de toneladas. Chama atenção também a receita projetada com exportações de todo complexo (soja em grão, óleo e farelo) para 2022, que deve ser de aproximadamente US$ 58 bilhões. De acordo com as previsões, a safra de 2023 será ainda maior. Dados recentes divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), apontam para uma produção recorde de mais de 150 milhões de toneladas.  
 
Com a evolução do setor produtivo e das grandes perspectivas que se apresentam, surgem também complexos desafios. Pensando nisso, a Embrapa Soja vai reunir em sua sede, na cidade de Londrina (PR), pesquisadores, especialistas, agentes governamentais, representantes das indústrias e de produtores rurais para debater a competitividade da cadeia da soja sob o ponto de vista técnico e de qualidade. 

Fonte: Embrapa, adaptado pela equipe Feed&Food. 

LEIA TAMBÉM:

Ministro Marcos Montes reforça o poder do agro brasileiro

Empresa brasileira é premiada no ESG Reporting Awards

Em 2023, Pork Nutrition realizará expedição internacional

Patrocinado
Patrocinado