Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
AVICULTURA

Conteúdo

Brasil conquista mercado mexicano com material genético avícola

O país se tornou o oitavo maior destino das exportações brasileiras do setor
feedfood

A mais recente abertura de mercado no México para o material genético avícola brasileiro representa um marco significativo para o setor, refletindo nas oportunidades de exportação para as empresas e fortalecendo a cooperação entre ambos países.

Neste cenário, o governo mexicano comunicou a autorização dos embarques de pintos de um dia. Além das autorizações anteriores para exportar material genético asinino e pepsina suína, como também óleos de aves e peixes para alimentação animal.

No último ano, o México importou aproximadamente US$850 mil do material genético avícola, demonstrando o potencial de mercado para o Brasil. 

Foto: reprodução
O México importou aproximadamente US$850 mil do material genético avícola no último ano (Foto: reprodução)

Já entre janeiro e maio, o país importou cerca de US$1,3 bilhão em produtos agrícolas brasileiros, se tornando o oitavo maior destino das exportações do setor. O complexo soja, produtos florestais e carnes ganharam destaque entre os principais itens exportados pelo Brasil.

Até o momento, foram abertos 73 mercados em 30 países, totalizando 151 novos mercados em 52 países desde o início de 2023.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Megatendências na aquicultura mundial

Integração da responsabilidade social nas estratégias de neutralidade de carbono

Personalidades do agronegócio fortalecem a sustentabilidade no 9º CNMA

Patrocinado
Patrocinado