Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
COLUNISTAS

Conteúdo

Megatendências na aquicultura mundial

Altemir Gregolin foi ministro da Pesca e Aquicultura de 2006 a 2010
feedfood

A participação nos principais eventos mundiais do setor de pescado nos últimos 90 dias nos possibilitou olhar de forma mais profunda naquilo que será o futuro da aquicultura nas próximas décadas. Foi enriquecedora a participação na Seafood North América em Boston (EUA), Aquasur no Chile, Blue Economy – Aquaculture Fórum, em Abu Dabhi e na Seafood Expo Global de Barcelona (Espanha). 

A participação nas feiras e o contato com as mentes mais brilhantes do setor pesqueiro e aquícola mundial reafirmaram convicções e trouxeram novos elementos sobre as grandes tendências para a aquicultura. São megatendências, agrupadas aqui em três blocos: Megatendência mercado; Megatendência sustentabilidade e bem-estar animal: e Megatendência inovações.

Megatendência mercado: Em relação ao mercado, a grande tendência é a ampliação do consumo de pescado, fruto das preocupações com a saúde e qualidade de vida e do aumento da população mundial que deve chegar a 10 bilhões de habitantes em 2050. A FAO estima um aumento de 5 kg/hab/ano até a década de 50, o que significa uma demanda adicional de 50 milhões de toneladas/ano. Além do aumento do consumo, a tendência é a diversificação das espécies consumidas, ou seja, para além do salmão e da tilápia, haverá demanda por novas espécies, o que é uma boa notícia para um país com a diversidade do Brasil;

Você pode ler a coluna “AQUACENÁRIOS”, na íntegra e sem custo, acessando a página 63 da edição de junho (nº 206) da Revista FeedFood.

LEIA AS OUTRAS COLUNAS DE FEED&FOOD:

Marketing do Agro: Agroconsciência diplomática e a proteína animal são vitais para o Brasil

Vitrine Agro: Números e mais números, por Ariovaldo Zani

Aqua Cenários: Mercado de carbono e as oportunidades para a aquicultura

Patrocinado
Patrocinado