Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
SUINOCULTURA

Conteúdo

Agroceres PIC escreve novo capítulo da suinocultura brasileira

feedfood

João Paulo Monteiro, da redação

João@ciasullieditores.com.br

No último domingo (05), pela noite, pousou no aeroporto de Viracopos, um Boeing 747 vindo do Canadá. Dentro da gigante aeronave se encontravam os primeiros animais a povoarem a Gênesis, nova granja de elite da Agroceres PIC, em Paranavaí (PR).

A operação em Campinas (SP) seguiu até a manhã de segunda-feira (06), quando todos os 900 suínos foram movidos dos pallets para os caminhões. O destino foi a Estação Quarentenária de Cananéia, no litoral paulista.

“Não perdemos um animal sequer neste longo período de movimentação, que se iniciou de sexta (03) para sábado, no Canadá”, conta Nevton Brun, gerente de produção da Agroceres PIC. “Isso é uma vitória, pois nenhum animal chegou sequer a se machucar”, completa.

Os esforços compõem um momento que, na visão do gerente, é um “divisor de águas para os clientes da Agroceres PIC e para a suinocultura nacional”.

Trata-se da inauguração granja de elite Gênesis. Com 70 mil metros quadrados, a estrutura é a maior da América Latina e tem capacidade para alojar 3,6 mil fêmeas de elite.

A Feed&Food conheceu in loco a estrutura e, em breve, trará uma reportagem completa na revista sobre o investimento. Fique ligado!

LEIA TAMBÉM:

Projeto piloto visa conservação de grandes felinos e proteção de rebanhos bovinos

Produção sem antibióticos: o que extrair do exemplo europeu?

Caso de ‘vaca louca’ não afeta mercado de consumo

Patrocinado
Patrocinado