Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
AQUICULTURA

Conteúdo

Singapura abre mercado para crustáceos e moluscos brasileiros 

País informou aprovação sanitária para importação de produtos congelados
feedfood

Em um trabalho conjunto do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) e Ministério das Relações Exteriores (MRE), Singapura informou sua aprovação sanitária para a importação de crustáceos (como camarão e lagosta) e moluscos bivalves (como ostra e mexilhão) congelados do Brasil.

O certificado sanitário internacional vigente, agora renegociado, já permitia a exportação de pescados provenientes de pesca extrativa e de aquicultura. O anúncio é importante conquista em razão do volume de consumo per capita singapuriano desses produtos, em torno de 22 kg de pescados em geral por ano. 

Em 2022, Singapura importou aproximadamente US$ 937 milhões de pescados, sobretudo de Malásia, China e Noruega. Desse volume, US$ 223 milhões corresponderam a crustáceos e US$ 115 milhões a moluscos.

Esse resultado soma-se à recente a abertura do mercado singapurense também para carne bovina e suína processadas do Brasil. 

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Entidades setoriais pedem pela reestruturação da carreira de auditor agropecuário 

Pecuária brasileira: Selo reconhece redução na emissão de metano

Senar-SP oferece curso de aquaponia