in

Nutrição de aves: Wisium destaca pontos de atenção

Segundo Gerente de Desenvolvimento de Negócios, foco na demanda é essencial

Foto Raquel Andrade 1 3 1 1
REPRODUÇÃO

Para um funcionamento robusto e efetivo, a avicultura nacional se beneficia de intensa profissionalização, novas tecnologias, melhoramento genético e disponibilidade de ingredientes. Neste cenário, a Gerente de Desenvolvimento de Negócios da Wisium para Aves, Raquel Andrade, destaca pontos de atenção.

De acordo com a profissional, atenta aos produtores do setor, o foco na demanda é essencial. “Conceitos relacionados a origem dos alimentos e à qualidade receberam, nos últimos anos, grande adesão de varejistas e consumidores finais. Priorize, então, o bem-estar do animal, os melhores ingredientes e o ciclo de produção sólido e consistente”, afirma Andrade.

A adoção de um programa nutricional também se faz de grande valia, uma vez que ele esteja alinhado às metas. Para Raquel, a ferramenta precisa suprir todas as exigências nutricionais das aves, garantindo uma produtividade eficaz.

“Utilize aditivos que contribuam para a melhoria contínua da eficiência alimentar das aves, colaborando para que elas atinjam o pleno desenvolvimento, com possíveis melhores preços de mercado. Opte pela compra de aditivos consagrados, que tenham resultados comprovados, como o B-SAFE®, grande aliado da qualidade, que atua na microflora intestinal das aves, favorecendo a saúde dos animais, protegendo-os de bactérias patogênicas e preservando as bactérias benéficas”, complementa a profissional, ao pautar o uso de aditivos.

Quando o assunto é sustentabilidade, a Gerente afirma que questão é fator determinante para a avicultura atual, sendo necessário a utilização de tecnologias que contribuam diretamente para esse objetivo, “auxiliando na preservação do meio ambiente e minimizando os riscos de perda de produção”.

“Atente-se sempre ao clima, condições ambientais das granjas e custos de matérias-primas para a produção das rações. Esses fatores incidem diretamente na produção e precisam ser mapeados”, finaliza, ao pontuar as particularidades de cada região.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food. 

LEIA TAMBÉM:

MAPA aponta dicas para compra de pescados

Agro brasileiro amplia exportações durante mês de março

13⁰ Simpósio Técnico da ACAV anuncia nova data

Exportações de material genético avícola mantêm alta de 13,2%

Mastite

Cresce concentração na produção de leite em Santa Catarina