in

Mercado halal deve movimentar US$ 1,38 trilhões até 2024

Brasil tem grandes chances de se tornar um dos maiores fornecedores de alimentos

Em constante crescimento, o mercado árabe se mostra uma oportunidade para os produtores brasileiros. Conforme dados divulgados no início deste mês pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, a perspectiva para o mercado halal global é de atingir US$ 2,35 trilhões até 2024, sendo US$ 1,38 trilhões somente no segmento de alimentos e bebidas.

 De acordo com Omar Chahine, gerente de Relações Institucionais da Cdial Halal, os empresários brasileiros devem ficar atentos ao mercado islâmico, que vêm crescendo a todo vapor e conta com quase 2 bilhões de consumidores no mundo. 

 “Todo o mundo busca por alimentos de qualidade e agora, mais do nunca, por produtos que proporcionam segurança alimentar e rastreabilidade. E a certificação halal tem sido exigida cada vez mais não só por países árabes muçulmanos, mas também por outros países que buscam alimentos seguros”, ressalta Omar.

Projeções para 2021/22

Na Arábia Saudita, maior economia da Liga Árabe, é esperado aumento de 2,8% no PIB desse ano em relação ao ano passado, enquanto nos Emirados Árabes Unidos, a expectativa de crescimento é de 2,5% e recuperação total da economia prevista para 2022, atingindo índice de crescimento de 3,5%. 

 A expectativa comercial para o próximo ano aponta para um crescimento expressivo do mercado. Segundo dados divulgados pela Câmara Árabe, a previsão é de que o valor das importações dos países islâmicos chegue a US$1,75 trilhões. Nesse panorama, a soja e o milho são responsáveis pela maior parte dos embarques nacionais.

Fonte: Cdial Halal, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Contínua valorização do milho afeta pecuaristas

Ourofino abre inscrições para programa de estágio

SP realiza Fórum sobre retirada da vacinação contra Febre Aftosa

ABPA participa junto da Apex-Brasil da Sial China 2021

SUÍNO

Saiba como prevenir a Peste Suína Clássica