in

Cuidados no intervalo de lotes melhora status sanitário

Especialista defende que intervalo entre lotes deve respeitar três etapas importantes

Manter a saúde de aves em perfeitas condições é sempre um desafio. Afinal, está em jogo não apenas a produtividade dos lotes, mas também a rentabilidade da atividade. Com o foco no uso racional de medicamentos, produtores e veterinários utilizam cada vez mais medidas de biosseguridade e prevenção.

Uma dessas medidas é durante o intervalo de lotes, um dos períodos mais importantes, portanto, para se cuidar da biosseguridade dessas aves. De acordo com Ana Caselles, gerente técnica de aves da SANPHAR Saúde Animal para a América Latina, o intervalo entre lotes deve respeitar três etapas importantes: a primeira é a limpeza para remoção de matéria orgânica, pó e penas, seguida pela desinfecção por produtos específicos para reduzir a pressão de infecção e, logo, o vazio sanitário, que consiste na proibição da entrada de pessoas ou animais.

“Durante o intervalo de lote, a etapa de desinfecção úmida pode ser comprovadamente substituída pela desinfecção a seco. A desinfecção a seco é uma prática que tem se tornado mais interessante na produção de frango de corte devido à sua eficácia no controle de patógenos persistentes nas instalações e melhoria das condições ambientais no local.

Desinfetantes líquidos

Nos casos de reutilização de cama, desinfetantes líquidos, em sua maioria, têm efeito limitado de desinfecção devido à grande quantidade de matéria orgânica e inativação dos princípios ativos desses produtos, favorecendo a multiplicação de agentes posteriormente pela presença da água. Já os produtos secos podem conferir bons resultados nesse período”, explica a gerente da SANPHAR.

Ana Caselles afirma que para que o objetivo seja alcançado é necessário que, previamente, seja feita uma boa limpeza a seco na instalação, retirando sujidades e restos de ração (matéria orgânica), dos equipamentos e superfícies das instalações, como forro, laterais e muretas, assim como a queima das penas. 

Desinfecção a seco

Visando oferecer alternativas para desinfecção a seco no intervalo de lote, a SANPHAR Saúde Animal oferece em seu portfólio o desinfetante Stalosan F, que é ativo na presença de matéria orgânica, atua para diminuir a pressão de infecção e tem aplicação segura tanto para os trabalhadores, como para os animais a serem alojados.

O produto é 100% mineral e atua de forma direta nos micro organismos por polaridade, provocando estresse oxidativo e eliminando-os, além de atuar de forma indireta, regulando a umidade e os gases nocivos presentes na instalação, como a amônia, e, assim, melhorando as condições ambientais das instalações.

Stalosan F atua contra bactérias, fungos e vírus, e tem amplo espectro na redução de pressão infecciosa nas instalações. Por ter ação sob matéria orgânica, contribui para situações nas quais os processos de limpeza e desinfecção tradicionais não são os mais adequados. O produto da SANPHAR também pode ser usado na presença de animais, embora o uso entre lotes seja o mais indicado (após a limpeza a seco).

Fonte: A.I.

LEIA TAMBÉM:

Contínua valorização do milho afeta pecuaristas

SP realiza Fórum sobre retirada da vacinação contra Febre Aftosa

Novo time estratégico é apresentado pela GENEX Brasil

mascara

CRMV-SC e Nucleovet pedem prioridade para vacinação