in

Carne suína apresenta maior competitividade em São Paulo

Elevação dos preços está atrelada à demanda firme por suínos para abate e pela carcaça

Ao olhar para a Grande São Paulo, com foco nas proteínas animais, os preços das carnes suína e de frango estão em alta no atacado, neste mês de agosto. Contudo, como destaca o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, “valores da proteína bovina se enfraqueceram no período”.

De acordo com pesquisadores Cepea, “este cenário tem levado as cotações da carcaça suína a se aproximarem das substitutas, movimento que reduz a competitividade frente à bovina, mas aumenta na comparação com a de frango”. Referente à carne suína, a elevação dos preços está atrelada à demanda firme por suínos para abate e pela carcaça.

“Cenário similar é observado para a carne de frango, que também registra boa procura externa. Em relação à carne de boi, consumidores estão resistentes, de modo geral, ao alto valor do produto. Dessa forma, leves reajustes negativos têm ocorrido de maneira gradativa”, destaca o Centro de Estudos.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

ACCS tem sua primeira mulher presidente

Embrapa lança plataforma on-line com foco na aquicultura

Avicultores paulistas recuperam poder compra

Embrapa Agroindústria de Alimentos apresenta chefe-geral