in

Simpósio tratará da produção de leite brasileira

9º Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite inicia dia 05 de novembro

9º Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite inicia dia 05 de novembro

Ao desempenhar importante papel na agropecuária brasileira, a bovinocultura leiteira tem crescido muito na última década, levando o País a ocupar a quinta posição no ranking dos maiores produtores do segmento. O que fomenta um setor com novas oportunidades, mas também desafios para seu desenvolvimento, seja em capacitação do produtor, gestão, sanidade, nutrição, biosseguridade, entre outros, para avançar na competitividade.

Leite-de-Vaca

Brasil ocupa a 5° posição no ranking dos maiores produtores de leite do mundo (Foto: Reprodução)

Porém ainda são diversos os gargalos que limitam a produção do material e causam impacto na rentabilidade da fazenda. E para tratar dos impasses que ainda limitam a produção brasileira, a 9º edição do Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite abre, no dia 05 de novembro, com a palestra de engenheiro agrônomo e mestrando em zootecnia, Expedito Pereira Lima Netto, também analista técnico de agronegócios do Sebrae Minas e coordenador da plataforma Educampo.

O Nucleovet – Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas promoverá do dia 05 ao 07 de novembro, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó-SC, o 9ºSimpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite e a 4ª Milk Fair. O evento reunirá toda a cadeia da bovinocultura de leite para discutir temas relevantes em produção, gestão, nutrição, sanidade, biosseguridade, mercado, entre outros. 

Para os interessados, o evento já conta com a liberação das inscrições antecipadas para o 9º Simpósio, que podem ser realizadas no site.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

Ministra defende perfil sustentável do agro nacional

Ilender abre as portas da fábrica no Peru