in

Receita das exportações de frango apresenta recuo

Segundo levantamento realizado pela Secex, queda foi de 21,2% em outubro

Segundo levantamento realizado pela Secex, queda foi de 21,2% em outubro

Em contínua movimentação, as exportações brasileiras de carne de frango alcançaram 319,7 mil toneladas em outubro. Contudo, somativa representou queda de 9,4% em relação ao mesmo mês de 2019 e a receita das vendas caiu 21,2%, para US$ 446,8 milhões, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Neste cenário, a China segue como principal destino das exportações brasileiras da proteína, com a compra de 564 mil toneladas entre janeiro e outubro, um aumento de 24% ante o mesmo período de 2019.

A ABPA também pontua, ao considerar somente o mês de outubro, a Arábia Saudita foi o principal destaque, com importações de 44,9 mil toneladas, 22% mais que um ano antes. Para a União Europeia, as vendas chegaram a 21,2 mil toneladas, aumento de 29%, e para África do Sul foram 23,3 mil toneladas, crescimento de 5%.

O presidente da Associação, Ricardo Santin, disse, em nota, que a retomada gradativa dos embarques para a Arábia Saudita e o incremento dos volumes enviados para a Europa indicam maior capilaridade nos embarques do segmento.

 Fonte: Valor Econômico, adaptado pela equipe feed&food. 

Doença de Gumboro é tema de webinar da Phibro

Brasil potencializa venda de sêmen bovino