Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Presidente da República pauta crescimento do agronegócio

Durante evento da Fiesp, Lula da Silva frisou a importância de o País ter uma política industrial “ativa e altiva”
feedfood

Durante evento referente ao Dia da Indústria, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu a robustez do mercado brasileiro e acenou ao agronegócio.

O presidente frisou a importância de o País ter uma política industrial “ativa e altiva”, mas sem tirar a importância do agronegócio. O encontro, com a presença de diversos empresários, ocorreu na quinta-feira (25).

“Tem muita gente que fala em crescimento industrial e relega a um lugar muito secundário o agronegócio, a exportação de commodities”, afirmou, ao ponderar que o governo “quer que a indústria brasileira cresça”, assim como a exportação de commodities. ““O Brasil precisa exportar cada vez mais de grãos, carnes e coisas que nós sabemos produzir. Isso não atrapalha a indústria”, acrescentou.

O atual presidente também destacou que, para se ter uma indústria forte, é preciso ter “trabalhadores fortes, ganhando salário justo e podendo ser consumidor daquilo que produz”. “Às vezes, eu vejo as pessoas olharem com certo desprezo a questão da agricultura, do agronegócio, sem levar em conta quanta tecnologia tem num grão de soja, quanto de investimento genético tem num frango, ou tem num boi, que antigamente demorava 48 meses para matar e hoje se mata com 15 meses”, destacou.

Fonte: Reuters, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

15º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura abre inscrições

Valor da Produção Agropecuária (VPA) de Santa Catarina cresce 13,8%

Produzir milho é vocação nacional, afirma ministro