in

Preço do milho mantém alta e produtividade preocupa

Em análise do grão, Indicador ESALQ/BM&FBovespa avançou 0,84%

Ao juntar oferta restrita e demanda aquecida, cotações do milho seguem em elevação desde fevereiro. Informações foi disponibilizada por recente análise do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

De acordo com pesquisadores da instituição, mais recentemente, o atraso na semeadura e a irregularidade das chuvas aumentaram as incertezas quanto à produtividade das lavouras da segunda safra, o que vem reforçando o aumento nos preços, que operam em patamares recordes reais em muitas praças brasileiras.

“Entre 16 e 23 de abril, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa avançou 0,84%, fechando a R$ 98,7/sc de 60 kg na sexta-feira, 23 – recorde real da série”, pontua o Cepea.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

ovo

Demanda por ovos apresenta queda no mercado interno

Demandas internas e externas da soja seguem em alta