Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
BOVINOCULTURA

Conteúdo

Mercado lácteo brasileiro enfrente situação emergencial

 Importações brasileiras têm registrado quedas de 25%
feedfood

O Governo Federal editará medida tributária para socorrer a cadeia de produção do leite em 2023, após situação emergencial enfrentada de diversas formas desde o mês de junho deste ano.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Márcio Elias Rosa, foi a partir de agosto do ano passado que as importações saltaram de cerca de 5 toneladas para 14 toneladas, mas desde junho, o Brasil  tem registrado quedas expressivas nas nas compras, em torno de 25% – fruto das medidas adotadas;

As primeiras ações foram a revogação das medidas, num trabalho da Câmara de Comércio Exterior (Camex), e a intensificação da fiscalização de possíveis práticas ilegais, resultando em uma espécie de triangulação, trazendo ao Brasil produtos de fora do Mercosul.

Além da compra de leite em pó por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), cujo prazo da chamada pública se encerra no próximo dia 10 para aquisição de até R$ 100 milhões do produto que será distribuído às redes de assistência social, o Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) apresentou a proposta de subvenção econômica aos produtores de leite.

Segundo o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, a relação comercial com o Mercosul é muito positiva para o Brasil, mas que todas as ações estão sendo observadas pelo governo, dentro das regras, para que os produtores de leite não sejam mais prejudicados.

Fonte: AI, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

PIB do agro tem avanço acumulado de 0,5% em 2023

Ações brasileiras são destaque nas Conferências da FAO

Uso de tanino reduz emissão de GEE em 17% na pecuária

Patrocinado
Patrocinado