Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
SUINOCULTURA

Conteúdo

Coreia do Sul abre mercado para exportação brasileira de subprodutos suínos

Autorização visa beneficiar os importadores sul-coreanos, que esperam uma expansão da indústria de rações no país
feedfood

Uma oportunidade significativa foi celebrada pelos exportadores brasileiros, após a abertura do mercado sul-coreano para subprodutos suínos destinados à alimentação animal.

O anúncio de aceitar o Certificado Sanitário Internacional (CSI) da Coreia do Sul, se refere à terceira abertura de mercado para produtos agrícolas brasileiros em 2024.

No mês de abril, o país autorizou as exportações de subprodutos de origem animal, como farinhas e gorduras de aves, e de dez tipos de produtos à base de camarão.

Foto: reprodução
Em 2023, a Coreia do Sul foi o oitavo maior destino das exportações de produtos agrícolas brasileiros (Foto: reprodução)

A autorização visa beneficiar os importadores sul-coreanos, que esperam uma expansão da indústria de rações no país para acompanhar o aumento do número de animais domésticos na Ásia.

Somente em 2023, a Coreia do Sul foi o oitavo maior destino das exportações de produtos agrícolas brasileiros, totalizando mais de US$3,37 bilhões.

Contudo, até o momento, o agronegócio brasileiro realizou sua 145ª expansão comercial em 51 países desde o início do ano passado. Em 2024, foram abertos 67 novos mercados em 29 países.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Avicultura do RS tem impactos avaliados

Carne suína brasileira registra crescimento nas exportações

Brasil expande exportações de aves vivas para Lesoto

Patrocinado
Patrocinado