in

BRF testa drones para entregas em granjas

Aeronave autônoma entregou material genético em granja na zona rural de Toledo (PR)

A BRF a primeira entrega de material genético a produtor integrado feita por meio de um drone. No teste, que ocorreu no município de Toledo, no Paraná, o drone entregou doses de sêmen suíno para inseminação em uma granja integrada na zona rural.

Com rota predefinida, a aeronave decola de forma automatizada e usa softwares de navegação, câmeras e sensores para voar até o destino, onde a carga, refrigerada, é desacoplada e deixada na área de entrega.  A seguir, retorna ao ponto de origem. Depois de avaliados os primeiros resultados, novos testes devem ser feitos.

A iniciativa verificou tempo, praticidade e segurança do transporte, além disso, também contribui para a redução de emissão de carbono na atmosfera. O projeto também tem como objetivos a segurança sanitária e a biosseguridade. “Testamos a movimentação de cargas para estudar a viabilidade desse modelo de transporte para a cadeia agropecuária, para que no futuro possam ser realizados voos mais longos, cobrindo áreas maiores, e para aterrissarmos tecnologias que sejam realmente funcionais no campo”, afirma o diretor de Agropecuária da BRF, Guilherme Brandt. 

Desenvolvido de forma conjunta pelas áreas de Agropecuária e Tecnologia da BRF, o projeto integra a plataforma Digital Agro 4.0, pela qual a BRF conecta o campo ao digital, e está alinhado com o Plano Visão 2030 da Companhiade consolidar sua liderança como uma empresa global de alimentos com tecnologia e inovação. “A tecnologia é um meio e não um fim para bons resultados. Com projetos como esse, avançamos na conexão do campo às novas tecnologias, facilitando a vida dos nossos integrados e cumprindo o propósito inovador da companhia”, afirma Antonio Carlos Cesco, diretor global de Tecnologia da BRF.

Fonte: A.I.

avicultura

Ceva destaca serviços e tecnologias para efetiva vacinação

Garantia-Safra autoriza pagamento para mais de 44 mil agricultores