in ,

Brasil é ponta de lança para expandir negócios na América Latina

Diretores técnicos visitam filial brasileira da Indukern com objetivo de abrir meios de comunicação e canais que, até então, não existiam junto à central na Espanha

INDUKERN OF

Wellington Torres, de Jundiaí (SP)

[email protected]

Uma equipe comprometida e excelentes resultados rendem à filial brasileira da Indukern um lugar de destaque frente às outras que compõem o Grupo. Na balança, o crescimento é acima de dois dígitos, o que resulta na dobra de tamanho das instalações a cada quatro anos.

Como consequência desse desenvolvimento robusto, diretores técnicos, vindos da Espanha, onde fica localizada a sede da companhia, destacam como a filial deve desempenhar papel de extrema importância para o futuro global da Indukern ao que se refere à nutrição animal e especialidades.

“Nossa ideia, nessa primeira visita, é abrir meios de comunicação e canais que, até então, não existiam entre as filiais e a central na Espanha, em particular ao que se refere à nutrição animal. A Indukern Brasil funcionava mais como uma unidade de negócios independente e, agora, queremos ter contato permanente e contínuo – com todas as filiais – para conhecer a realidade do mercado na América Latina”, anuncia o diretor Global de Nutrição Animal, Marcos Teixidó Kürschner.

Para que isso de fato ocorra, Kürschner defende que o Brasil deva ser “a ponta de lança” para a expansão de negócios nos países sul-americanos, englobando México, Chile, Argentina, Uruguai e, também, Equador e Peru.  “O diferencial da filial está na equipe. E a área de nutrição desenvolvida, os departamentos estruturados por espécies, conhecimento vasto e acesso a mercados são combinações importantes. Esse acesso nos possibilita uma realidade de mercado que torna possível aplicar no resto dos países da região”.

Marcos também reforça que a companhia, neste novo processo, busca trabalhar com pessoas tencionadas ao futuro, “que propõem inovação, investigação, produtos diferentes e desenvolvam novas formulações”. Para ele, esse perfil no ambiente de trabalho é essencial para somar com os objetivos da companhia: “Buscamos empreendedores, startups, empresas pequenas ou medianas que desejam crescer e não podem dar um salto internacional sozinhos”, destaca, ao frisar que a iniciativa visa o desenvolvimento de uma linha de especialidades em nutrição animal inovadora.

E por falar em inovação, junto ao portifólio, o diretor Técnico de Especialidades, Sígfrid López Ferrer, conta que mudança também busca aplicar produtos de maior custo-benefício, com funcionalidade específica para diferentes espécies de animais.

“Eles são complementares a nível de microbiologia e fisiologia. A nível dietético, já existem, a exemplo de uma série de aminoácidos e de enzimas, mas o portfólio carecia de especialidades no primeiro [microbiologia], ação que está sendo trabalhada agora. Na parte de fisiologia, já existem aplicações e estamos vendo como complementá-las”, destaca.

No próximo ano, a expectativa da companhia é de que o período seja ponto de arranque do novo portfólio, tanto na Espanha e Portugal quanto na América Latina como um todo. Espera-se também promocioná-lo em países dos quais a Indukern, ainda, não se faz presente, seja por distribuidores ou parceiros.

ovos brancos

Preço dos ovos seguem em queda devido à baixa demanda

febre aftosa

MAPA prorroga data de vacinação contra febre aftosa