Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Brasil e China assinam mais de 20 acordos de cooperação

feedfood
Foto: reprodução

Durante o Seminário Econômico Brasil-China, organizado pela ApexBrasil com apoio do governo federal, do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC) e uma ampla rede de parceiros, o Brasil formalizou parceria com a aceleradora Venture Cup China e com a Beijing Hycore Innovation.

Além destas, empresas brasileiras como BMV global, Vale, Suzano e outras assinaram acordos também para fomentar inovação, sustentabilidade e mais parceria em diferentes setores da economia brasileira e chinesa.

A Venture Cup realiza há três edições a semana de inovação junto à Apex, além do programa de softlanding para ajudar empresas nacionais na chegada ao mercado chinês.Nesse sentido, o acordo com a Beijing Innovation visa formalizar instrumento de cooperação com o objetivo de apoiar startups brasileiras a estabelecer negócios com a China, no contexto da competição de empreendedorismo e evento global HICOOL 2023.

A ApexBrasil avalia que o sucesso desta missão empresarial se reflete também na quantidade de acordos assinados que contribuirão para fortalecer ainda mais as relações entre o Brasil e a China. 

Desde 2009, a país asiático é o maior parceiro comercial do Brasil e uma das principais origens de investimentos em território brasileiro. Em 2022, a corrente de comércio atingiu recorde de US$ 150,5 bilhões, com exportações brasileiras de US$ 89,7 bilhões e importações de US$ 60,7 bilhões.

Em 2021, foi o oitavo maior investidor (e primeiro da Ásia) no Brasil, à frente do Japão, da Coreia do Sul e da Índia. O estoque de investimento estrangeiro direto (IED) da China no Brasil cresceu US$ 7,1 bilhões em 2021, aumento de 31% em relação a 2020. 

Já o estoque de IED brasileiro na China aumentou 114% entre 2012 e 2021, reforçando a crescente importância do país asiático como destino da internacionalização das empresas brasileiras.

Fonte: ApexBrasil, adaptado pela equipe Feed&Food. 

LEIA TAMBÉM:

Aculturamento da equipe é essencial para impulsionar ESG

Ícone da avicultura, Zoé Silveira D’Avila morre aos 101 anos

CEO’s do agro preveem queda nos negócios nos próximos anos

Patrocinado
Patrocinado