Patrocinado
MERCADOSUINOCULTURA

Conteúdo

Wisium intensifica investimentos para o segmento de suínos

feedfood
Nutricionista Katiuscia Cristina Neves Mota

Alguns cuidados com a saúde animal dos suínos são fundamentais, pensando nisso, muitos produtores oferecem aditivos na alimentação dos bichos, com o objetivo de promover benefícios similares aos dos antimicrobianos. Essa preocupação vem da percepção do aumento significativo do número de bactérias resistentes a antimicrobianos.

Diante deste contexto e buscando intensificar uma presença diferenciada no segmento de suínos, a Wisium, marca global de aditivos, premixes e serviços, acaba de anunciar Katiuscia Cristina Neves Mota como Nutricionista de Suínos.

A profissional é graduada em Zootecnia pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) e com formação de nível técnico em dois cursos (Zootecnia e Agricultura). Além disso, Katiuscia tem Mestrado e Doutorado em Nutrição de Animais Não Ruminantes, pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente, é estagiária Pós-doutoral pela UFMG e Especialização Lato Sensu, em Gestão do Agronegócio, pela Faculdade Metropolitana de São Paulo.

Katiuscia tem amplo conhecimento e vivência em fábrica de ração, desde 2012, pela Escola de Veterinária da UFMG, com foco em desenvolvimento de experimentos direcionados a utilização de alimentos não convencionais para formulação de dietas experimentais para animais.

Na Wisium, a profissional terá diversas funções, entre elas participar no desenvolvimento de novos produtos e elaborar estudos para valorização de ingredientes.

“A Wisium é uma marca referência no mercado de premixes e aditivos. Estou muito animada com o novo desafio e espero contribuir com minhas habilidades em benefício da empresa, tendo compromisso, respeito e fidelidade. Vou somar, desenvolver e aplicar meus conhecimentos na área de nutrição de forma crescente e contínua, sempre em harmonia com a qualidade do meu trabalho”, destaca.

“Vamos focar todos os esforços para desenvolver e incrementar soluções para promover uma nutrição animal de excelente qualidade e contribuir diretamente para as boas práticas de manejo na criação e para a manutenção de altos índices produtivos nas granjas”, conclui a nutricionista.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Adriane Zart defende produção agropecuária alicerçada na boa relação entre animal e produtor

Conflito entre Rússia e Ucrânia já começa a refletir em SC

Preço dos ovos apresentou novo recorde nominal em fevereiro

Patrocinado
Patrocinado