Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Visita estudantil destaca papel da mulher na ciência  

Ação é desenvolvida pela Embrapa Agroindústria Tropical (Fortaleza-CE) 
feedfood
Foto: Embrapa

Por meio da realização de visitas de escolas, Embrapa Agroindústria Tropical (Fortaleza-CE) promove participação de mulheres na ciência. Na última quinta-feira, dia 31, foi a vez das estudantes da EEM José Milton de Vasconcelos Dias, localizada no município de Maracanaú (CE).  

Como explica a empresa, na oportunidade, a coordenadora do projeto Embrapa&Escola, Sirley Freire, apresentou a Embrapa Agroindústria Tropical às alunas, abordando as linhas de trabalho, bem como as inovações tecnológicas desenvolvidas. 

 “A Embrapa tem interesse em aproximar a comunidade estudantil do ambiente científico, pois somos referência nisso”, explica a profissional.  

Para a professora de Sociologia da Rede Estadual de Ensino, Josilene Araújo, o projeto tem como objetivo demonstrar a existência de novos caminhos e carreiras para as estudantes: “Temos tentado motivar as nossas meninas a se enxergarem como pesquisadoras, como cientistas. É uma forma de expandirmos a mentalidade, entendendo a educação como mecanismo de mudança”. 

As alunas também participaram de uma palestra abordando mulheres na Ciência, ministrada pela pesquisadora Nivia Dias. A pesquisadora ressalta que é extremamente importante relatar a trajetória das mulheres na pesquisa científica para inspirar meninas e aproximá-las da ciência que é vista como uma carreira dominada por homens.   

Foram destacadas cientistas revolucionárias como Marie Curie e Rosalind Franklin. Marie Curie, física e química polonesa, desenvolveu trabalhos pioneiros em radioatividade, além de descobrir os elementos químicos rádio (Ra) e polônio (Po). Marie também foi a primeira pessoa e única mulher a ganhar o Prêmio Nobel duas vezes. Rosalind Franklin, por sua vez, foi uma química britânica que descobriu a estrutura de dupla hélice do DNA. 

Por fim, as estudantes conheceram os Laboratórios de Análise de Alimentos e Análise Sensorial, onde são realizadas pesquisas para o desenvolvimento de alimentos com maior saudabilidade, versatilidade e de produção sustentável. 

Fonte: Embrapa, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

SC reforça controle de javalis para proteger produção

Exportações brasileiras do agro seguem em alta

Avicultores focam em biosseguridade para expandir alcance