in

Vaxxinova doa mais de 1,5 tonelada de alimentos

Associação atende famílias em vulnerabilidade no Oeste catarinense

Com a doação de 1,5 tonelada de alimentos concluída na última terça-feira (20/04) à AVHRO – Associação dos Voluntários do Hospital Regional do Oeste (Chapecó, SC), a Unidade de Negócios Avicultura Vaxxinova foi além do compromisso assumido por toda equipe durante a participação no 21º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA).

“A princípio, tínhamos estabelecido um critério de uma cesta básica para cada grupo de 10 visitantes que recebêssemos em nosso estande virtual”, informa o gerente de produtos Rodrigo Pedralli, que contabilizou 417 visitas durante os três dias da 12ª Brasil Sul Poultry Fair virtual, feira de negócios promovida em paralelo à SBSA, no início do mês, pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet).

Rodrigo Pedralli e Emerson Godinho (ambos Vaxxinova) com representantes da AVHRO e do Nucleovet durante a doação, realizada na última terça-feira (20)

“Profundamente sensibilizados pelo trabalho voluntário proporcionado à sociedade, em especial às pessoas carentes que frequentam o Hospital Regional do Oeste, decidimos dobrar o volume previsto de cestas, atingindo 85 unidades, que totalizaram mais de 1,5 tonelada de alimentos doados à AVHRO. Isso só foi possível graças ao engajamento dos representantes e distribuidores da marca nesta ação social, juntamente com toda equipe da Unidade de Negócios Avicultura, representada por mim e pelo gerente comercial Emerson Godinho na entrega dos alimentos na sede da associação, em Chapecó”, diz Pedralli.

Tradicionalmente, o Nucleovet doa parte do valor das inscrições do Simpósio Brasil Sul de Avicultura para entidades da região Oeste catarinense. Em 2020, com o cancelamento do evento devido à pandemia, o Nucleovet iniciou a arrecadação de alimentos para auxiliar famílias atendidas pela AVHRO. Em 2021, esse movimento foi ampliado com o engajamento de expositores do evento virtual, como Vaxxinova.

“Com isso, desejamos expressar que a solidariedade e a união também são essenciais para enfrentarmos momentos de crise, como os que estamos atravessando. E também salientar que, sempre que possível, apoiamos ações positivas como essa, especialmente nas regiões ou mercados onde atuamos”, completa Pedralli.

Eficácia da biosseguridade exige atenção aos protocolos

Silagem de baixa qualidade: Como ajustar a dieta?