Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
SUINOCULTURA

Conteúdo

Uruguai abre mercado para material genético suíno do Brasil

Além disso, arquipélago de Nova Caledônia passará a importar pescado brasileiro
feedfood
Foto: reprodução

Tradicional parceiro comercial e sócio do Mercosul, o Uruguai anunciou que abriu mercado ao material genético suíno brasileiro. Decisão, de acordo com o Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), deve contribuir para elevar a qualidade do rebanho suíno daquele país. 

O governo brasileiro também recebeu com satisfação a notícia da abertura da exportação de pescados para o arquipélago de Nova Caledônia. A Nova Caledônia é território francês que abrange dezenas de ilhas no sul do Oceano Pacífico. Encontra-se a mais de 14 mil km do Brasil, o que demonstra a competitividade e a confiabilidade do setor produtivo brasileiro, reconhecidas em mais de 150 países e territórios.

No ano passado, as exportações de pescado do Brasil aumentaram 15% em faturamento, chegando a USD 23,8 milhões. A exportação de material genético suíno pelo Brasil, por sua vez, é incipiente, mas apresenta perspectiva de crescimento.

O resultado é fruto do trabalho conjunto do MAPA e do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Cientista Nobel da Paz propõe modelo brasileiro como solução 

Ferramenta ajuda pecuarista a organizar venda de animais em remates 

Carlos Fávaro reforça incentivos à pecuária leiteira