in

Troféu Curuca coloca empreendedorismo sustentável sob os holofotes

Todos os elos da cadeia estarão reunidos no Siavs para conhecer vencedores

Natália Ponse, da redação

[email protected]

A preservação ambiental é representada, no Brasil, por dois índios do nosso folclore: o Curupira e a Caapora. O primeiro é o guardião da floresta e, de acordo com a lenda, protege a floresta contra as intensas derrubadas de árvores. O segundo é o protetor dos animais e costuma cavalgar pelas matas em cima de um cateto, punindo os caçadores de animais silvestres.

Ambos estão retratados no Troféu Curuca de Sustentabilidade, considerado o Oscar da Sustentabilidade do Agronegócio. A premiação foi criada para dar destaque àquelas empresas que incorporaram o conceito da sustentabilidade no seu dia a dia. Desta forma, cria-se um incentivo e estímulo para que o setor sinta-se desafiado a engrandecer, cada vez mais, sua visão para “o lado verde do negócio”.

Colocar em prática uma nova maneira de se relacionar com as pessoas e o meio ambiente é o mote do setor para os próximos anos, e nada mais justo do que ressaltar e reconhecer aqueles que fazem dessa uma realidade, tanto no campo quanto no ambiente corporativo. As edições nº 116 da revista feed&food (dezembro/2016) e nº 104 (dezembro/2015) apresentaram 13 cases que são exemplos de sustentabilidade no agro.

A premiação será entregue ao final do 4º Simpósio feed&food, parte integrante da o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs 2017), realizado pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP). Lá, todos os elos da cadeia produtiva estarão reunidos e atentos às principais novidades da sustentabilidade e do marketing, exaltadas na solenidade de entrega do troféu a partir das 16h do dia 30 de agosto.

São esperadas centenas de visitantes para a premiação durante o simpósio. Para o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra, estes são dois alicerces primordiais para o setor.  “Por um lado, falamos de uma visão que antes era de futuro, mas que agora é presente e cada vez mais importante para os players do setor de proteína animal: a sustentabilidade”, diz.  Ele reforça que, em um mundo cada vez mais engajado em otimizar recursos, produzir mais com menos e preservar seus recursos, os princípios da sustentabilidade são diferenciais competitivos, determinantes para a conquista de novos mercados e novos consumidores. “Por outro lado, o marketing é uma necessidade que ganha cada vez mais maturidade no agronegócio brasileiro. É um terreno no qual, entretanto, ainda temos uma longa caminhada”, aponta.

Confira abaixo os candidatos ao Troféu Curuca de Sustentabilidade. Os vencedores serão anunciados no dia 30 de agosto, durante o Siavs.

A gigante importadora que caminha para se tornar potência produtiva

Novus aborda qualidade da matéria-prima em evento