in

Suinocultor deve aproveitar queda nos preços dos grãos

Contexto paulista diminui pressão do custo sobre as margens da atividade

SUÍNO

Após altos e baixos, queda nos preços dos grãos alivia situação de suinocultores do Estado de São Paulo, como aponta recente levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

De acordo com o Cepea, cenário ocorre porque, neste mês de junho, enquanto os preços do suíno vivo registram forte aumento, os valores dos principais insumos da alimentação, o milho e o farelo de soja, estão em queda. “Contexto diminui pressão do custo sobre as margens da atividade”, ressalta o Centro de Estudos.

O levantamento destaca que, no mercado independente de suínos, o incremento na demanda e a oferta controlada de animais vêm impulsionando os preços neste mês. “Na região SP-5, o animal registra média de R$ 8,02/kg na parcial de junho (até o dia 22), altas de 19,8% no comparativo mensal e de 69,8% no anual, em termos nominais”, finaliza o Cepea.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Contínua valorização do milho afeta pecuaristas

Ourofino abre inscrições para programa de estágio

SP realiza Fórum sobre retirada da vacinação contra Febre Aftosa

carnes

Mais de 98% dos lares consomem alguma proteína animal

suínos

Genus PIC destaca edição de genes e produção de suínos resistentes à PRRS