Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Solistica expande e supera desafios logísticos da saúde animal 

Empresa tem como foco a proteção ambiental e a saúde pública
feedfood

Os últimos anos foram desafiadores para todo o setor de produtos relacionados à saúde. A pandemia de Covid-19 teve um impacto irreversível nas cadeias de abastecimento e colocou equipes essenciais de logística em um teste diferente de tudo que o mundo moderno já havia experimentado. Por isso, as cadeias de suprimentos de saúde humana e animal passaram a dar mais importância a sistemas e processos fortes, confiáveis, transparentes e inteligentes em todas as etapas; tudo para não precisar reviver aquele momento de dificuldade na organização e no abastecimento. 

O parceiro logístico ideal não é mais o fornecedor básico, mas sim um player que tem que responder à demanda com qualidade e segurança, e com flexibilidade estrutural para melhorar constantemente os resultados. Além disso, é crucial ser capaz de planejar o inesperado, reduzir perdas, cortar custos e aprimorar os prazos de entrega. 

Mas existem outros fatores em jogo. Quando falamos de saúde e cuidado animal, o transporte e armazenamento de materiais e itens veterinários necessitam de atenção especial. São produtos que possuem requisitos técnicos específicos e exigem cuidado redobrado do começo ao fim da cadeia, com armazenamento, gestão de temperatura, carregamento, transporte e entrega.  

É com tudo isso em mente que a Solistica – operador logístico integral com forte atuação no Brasil, Colômbia e México – se destaca, cuidando do produto com a máxima atenção, gerido por equipes especializadas, treinadas e experientes, de acordo com todos os requisitos exigidos por seus clientes e órgãos reguladores. A empresa conta com uma rede robusta, a maior capilaridade do segmento, e as mais avançadas soluções para dar confiabilidade e segurança para seus clientes parceiros, o que só uma empresa com mais de 25 anos de atuação e líder no segmento, pode oferecer. 

“A Solistica foi a primeira empresa do setor logístico a apostar e apoiar o segmento de saúde animal. Ao longo da nossa trajetória, desenvolvemos uma malha de atendimento para chegar onde quer que o mercado precise. O desafio sempre foi fazer tudo isso com um sistema robusto e ao mesmo tempo flexível, desenvolvido especialmente para o segmento. Adicionado a uma gestão técnica de qualidade, que fosse a extensão da indústria, validada e aprovada por todos. Crescemos junto com o segmento de saúde e agropecuária, que é o motor do nosso país”, comenta o diretor comercial da empresa, Diogo Steola.

Atualmente, a Solistica conta com serviços end to end – ou seja, oferece desde a operação in house das fábricas ou coletas em portos e aeroportos até carregamento e transporte inbound (transferências), CDs externos com gestão de inventário, picking, packing e distribuição para todo o Brasil. Isso levando em conta as diferentes necessidades técnicas dos produtos, como produtos perigosos, cadeia fria (refrigerado), climatização e ambiente seco. “Com mais de 60 pontos de operação em todo o Brasil, hoje não temos dificuldade em operar em nenhum ponto do território nacional”, frisa Steola. 

 Experiência para ajudar a combater a febre aftosa no Brasil 

Um dos pontos de maior atenção para a saúde animal no Brasil é o combate à febre aftosa. A Solistica participou ativamente da força-tarefa para combater a doença no país, sendo a única empresa validada pelo Ministério da Agricultura para fazer a selagem holográfica em cada uma das doses de vacina. Com isso, realizava a distribuição de mais de 300 milhões de doses em todo o território nacional anualmente. 

De olho no mercado e na inovação  

A cada dia, novas tecnologias são desenvolvidas e empregadas para oferecer um transporte de qualidade, aliado a boas práticas ambientais. A Solistica investe consistentemente em desenvolvimento e na busca por menos impacto ambiental. Por isso, faz estudos constantes para criar soluções que sejam benéficas para toda a cadeia. 

Segundo Steola, algumas ações desenvolvidas pela companhia conseguem aliar a eficiência do transporte e o menor impacto possível até mesmo nas regiões mais longínquas do país. “Temos parcerias regionais desenvolvidas para capilarizar nossas entregas e chegar onde poucos distribuidores conseguem, além de hubs específicos e filiais estrategicamente localizadas para o segmento animal. Recentemente, inauguramos um hub no Tocantins para fazer entregas mais rápidas e eficientes na região Norte. Estamos sempre buscando formas de atender mais rápido, com qualidade e chegar mais próximo ao mercado consumidor, reduzindo o impacto ambiental”, afirma. 

 A Solistica investe também no desenvolvimento de sistemas para atender a toda a cadeia, de acordo com as normas vigentes e sempre focando na redução do impacto para o planeta. “Hoje, conseguimos acompanhar o processo de entrega desde o momento em que recebemos o pedido, compreendendo cada etapa, desde a expedição até a entrega final. Tudo de maneira eletrônica. Temos trabalhado em termos de sustentabilidade, pensando em formas de atender o mercado com insumos diferentes, de maneira que impacte menos o meio ambiente. Isso inclui o desenvolvimento de novos materiais e embalagens de embarque, implementação de veículos elétricos, reciclagem, cortinas vegetais (plantação de mudas de árvores), dentre outros”, revela o gestor. 

Crescimento à vista 

Com investimentos constantes em busca das melhores soluções de gestão da cadeia, a expectativa da Solistica é favorável para os próximos meses e para 2024. De acordo com Steola, a empresa investiu, entre o ano passado e o primeiro semestre de 2023, mais de R$ 70 milhões no aprimoramento de suas unidades e na inauguração de novas filiais para aumentar a capacidade de atendimento à demanda.  

“Continuamos expandindo nossos pontos de operação no Brasil, com novas filiais e hubs em pontos estratégicos para suportar os desafios de venda. Além disso, com a gestão interna dos sistemas de software, temos desenvolvido funcionalidades específicas em diversas frentes”, revelou o diretor.  

A Solistica projeta um crescimento de 20% ao ano nos próximos anos, com o objetivo de dobrar, em volume de faturamento, até 2027. “Essas projeções são baseadas em ações que incluem a captação de clientes e a oferta de novos serviços para clientes atuais, sempre buscando operações integradas”, finaliza Steola.  

Patrocinado
Patrocinado