in ,

Simpósio de bovinocultura de leite abre inscrições

Evento virtual está programado para o período de 9 a 11 de novembro

O Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet) abriu as inscrições para o 10º Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite (SBSBL) e 5ª Brasil Sul Milk Fair virtual, que ocorrem no período de 9 a 11 de novembro deste ano, com transmissão a partir de Chapecó (SC). As inscrições podem ser feitas pelo site oficial.

O primeiro lote estará disponível até o dia 23 de outubro, com os valores: R$ 360 para profissionais; R$ 260 para estudantes; R$ 300 para agroindústrias e órgãos públicos; e R$ 250 para universidades. Os valores serão reajustados para inscrições do segundo lote (24 de outubro a 6 de novembro) e para o terceiro lote (7 a 13 de novembro). Pacotes – a partir de dez inscrições – podem ser parcelados em até três vezes.

O SBSBL, que reunirá especialistas que debaterão tendências, inovações e o futuro do setor, será palco do compartilhamento de conhecimento e tecnologias importantes para a produção. A programação científica desta edição apresentará palestrantes altamente qualificados e abrirá espaço para amplo debate. O presidente da comissão científica, Airton Vanderlinde, frisou que a comissão é composta por 36 profissionais da área e os temas são definidos a partir do feedback do público da última edição, de sugestões dos patrocinadores e de lideranças da cadeia produtiva.

“Buscamos trazer assuntos de alta relevância para o momento. A programação deste ano contará com painéis sobre os cenários de mercado, gado jovem, instalações e ambiência para vacas leiteiras”, adiantou Vanderlinde, ao acrescentar que desde a primeira edição o objetivo é promover o aprimoramento dos médicos veterinários, zootecnistas, consultores, pesquisadores, profissionais da agroindústria, produtores e demais profissionais envolvidos com a cadeia produtiva.

Os temas e conteúdos acompanharão a evolução do setor e as novas perspectivas que estão chegando com a pandemia. “O sucesso do evento tem sido baseado em uma abordagem pragmática de assuntos do dia a dia e que possam agregar conhecimento técnico e aplicação prática”, realçou Vanderlinde.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Diferencial do ovo brasileiro está no frescor

Brasil participa de rodada de negócios com foco no Reino Unido

Consumo per capita de ovo deve aumentar em 2021

PCR

SANPHAR fala sobre utilização de PCR em atividades animais

Cobb destaca importância da conversão alimentar