in

Shelf life de três meses é suspenso pela Arábia Saudita

Ação ocorreu após argumentos de nações exportadores de carne de frango, como o Brasil

carne de frango

Após acolherem argumentos das nações exportadores, como o Brasil, autoridades sanitárias do Reina da Arábia Saudita decidem suspender a implementação de medida que determina adoção de um shelf life (prazo de validade) de três meses para a carne de frango congelada. Informação foi confirmada pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Segundo a Associação, os argumentos do Brasil, como apoio da mesma, foram apresentados pelo Governo brasileiro. Ação teve como base as normas do Codex Alimentarius e outras internacionalmente estabelecidas, “que atribuem, entre outras coisas, a determinação do prazo de validade ao produtor”.

“A acolhida da decisão restabelece os processos de nossas tratativas com o fundamental mercado da Arábia Saudita sob os critérios que norteiam o comércio internacional de alimentos. É uma notícia importante para os exportadores brasileiros, que tem uma sólida e longa relação com este mercado”, avalia o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

TN70 une eficiência alimentar e habilidade materna

Marfrig e Unesp realizam pesquisa sobre bem-estar animal