Patrocinado
AVICULTURA

Conteúdo

Setor de aves deve aumentar no continente asiático

Incremento se deu após o MAPA anunciar abertura de mercado no Butão
feedfood
FOTO: REPRODUÇÃO

O Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) anunciou a abertura do mercado de Butão. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), os exportadores de carne de frango deverão incrementar a presença na pauta exportadora para a Ásia após a abertura.

“Graças ao trabalho de excelência desempenhado pelo Governo Brasileiro, o Brasil poderá se posicionar, agora, como parceiro relevante para a segurança alimentar do país asiático”, destacou o presidente da ABPA, Ricardo Santin, sobre existir um potencial de incremento no consumo de carne de frango pela população butanesa.

A nação de quase um milhão de habitantes, localizada no Sul da Ásia, possui um consumo per capita relativamente baixo, aproximado de cinco quilos per capita no ano. Em comparação, a estimativa de consumo per capita no Brasil deveria encerrar o último ano atingindo o total de 46 quilos.

FOTO: REPRODUÇÃO
Incremento se deu após o MAPA anunciar abertura do mercado Butão (FOTO: REPRODUÇÃO)

Segundo o diretor de mercados da associação, Luís Rua, as tarifas para exportações de produtos avícolas para o destino da Ásia são relativamente vantajosas dentro do contexto internacional, estabelecida em torno de 10% sobre o valor do produto embarcado.

“Esta nova abertura fecha o ano registrando o sucesso do trabalho executado pelos ministérios da Agricultura e das Relações Exteriores, com um número de aberturas para os setores avícolas e suinícolas em patamares nunca antes registrados”, afirmou o diretor de mercados.

Fonte: ABPA, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

PIB do agro tem avanço acumulado de 0,5% em 2023

Ações brasileiras são destaque nas Conferências da FAO

Uso de tanino reduz emissão de GEE em 17% na pecuária